Haddad deseja 'boa sorte' a Bolsonaro e diz estar 'de coração leve'

Petista também agradeceu aos 45 milhões de eleitores que o apoiaram no pleito

Por: Com informações da Agência Brasil  -  29/10/18  -  20:42
É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal
É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal   Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters

O candidato do PT à presidência derrotado nas urnas, Fernando Haddad, usou as redes sociais para desejar 'boa sorte' a Jair Bolsonaro (PSL), eleito no último domingo (28) o novo presidente da República. O petista não conseguiu levar o partido de volta ao Palácio do Planalto, tendo ficado com 44,87% dos votos.


Na manhã de segunda-feira (29), Haddad usou o Twitter para passar uma mensagem positiva a Bolsonaro, com quem travou uma disputa marcada por troca de acusações e farpas, principalmente no segundo turno.


"Presidente Jair Bolsonaro. Desejo-lhe sucesso. Nosso país merece o melhor. Escrevo essa mensagem, hoje, de coração leve, com sinceridade, para que ela estimule o melhor de todos nós. Boa sorte”, afirmou ele, que também agradeceu o apoio da esposa, Ana Estela.


“Lembrando o hino nacional: verás que um professor não foge à luta, nem teme quem adora a liberdade à própria morte”, disse o petista, referindo-se também à sua profissão que é de professor de ensino superior na Universidade de São Paulo (USP).


O petista também agradeceu aos 47 milhões de votos recebidos, e relembrou da família, a quem atribuiu a força tida ao longo da campanha. “Gostaria de agradecer meus antepassados que me ensinaram o valor da coragem e a defender a justiça a qualquer preço. Todos os demais valores dependem da coragem”, completou.


Logo A Tribuna
Newsletter