Mulher se veste de homem para tentar furtar prédio em Santos

Ação foi flagrada por câmeras de monitoramento, no bairro Campo Grande. Nada foi levado

Por: De A Tribuna On-line  -  28/11/18  -  20:15
  Foto: Reprodução/Facebook

Câmeras de monitoramento de um prédio, na Rua Ministro Xavier de Toledo, no bairro Campo Grande, em Santos, flagraram a ação de uma mulher que invadiu um edifício para furtar bens de valor. Mesmo sendo a terceira vez em que ela entra no local, chamou a atenção dos moradores o fato de que, na tentativa de não ser identificada nas imagens, a infratora se vestiu como um homem.


A ação aconteceu na madrugada de segunda-feira (26), mas imagens foram obtidas por A Tribuna On-linenesta quarta-feira (28). Elas mostram toda a ação da mulher que, segundo uma ex-moradora do prédio, que preferiu não se identificar, já invadiu o local outras duas vezes.


"Descobrimos que era a mesma pessoa pelo jeito de ela andar. Ela já virou meio que 'cliente' de lá. Só não levou uma bicicleta porque desistiu de pular o portão com ela, devido à altura", explica.



Nas imagens, é possível ver a aproximação da mulher e, em outro trecho, o momento em que ela vai até a saída de pedestres e vê que não conseguirá abrir o portão. A ex-moradora conta que, ali, na verdade, havia um botão que o destrancava.


"A síndica tirou esse botão justamente por isso. Pode ver que ela vai direto nele. Agora, as visitas precisam tocar no apartamento para liberar o portão. Por isso que ela desistiu de levar [a bicicleta]", conta.


O fato, porém, não impediu que, nas outras vezes, a mulher fizesse uma 'ronda' por dentro do prédio. Uma bicicleta de um condômino já havia sido levada após a infratora arrebentar a corrente e o cadeado que a prendia, com o uso de um alicate próprio.


"Ela fez isso com um capacete que havia roubado de outro prédio na mão. Pulou dois prédios até chegar no que eu morava, e lá, levou a bicicleta. Ou seja: cadeado não é mais problema para ela", desabafa.


Ação de mulher foi flagrada por câmeras de monitoramento de um edifício
Ação de mulher foi flagrada por câmeras de monitoramento de um edifício   Foto: Reprodução/Facebook

Disfarce inusitado


As imagens foram divulgadas em um grupo de WhatsApp do programa Vizinhança Solidária, onde vizinhos daquela região compartilham situações de ameaça à segurança das moradias.


A ex-moradora explica que a ação da mulher, que vestia boné, casaco e calças masculinas, foi facilmente notada devido a uma característica do andar da infratora.


"Uma moça que mora no prédio viu tudo pelas câmeras e chamou a polícia. Infelizmente ela não chegou a tempo de detê-la", conta. A ex-moradora, que depois de 40 anos mudou-se para o prédio da frente, relata que o patrulhamento é frequente nas ruas do bairro, mas, ainda assim, há medo por parte dos moradores.


"A síndica do meu antigo prédio até orientou para que nenhum morador deixasse as 'coisas fáceis'. Mas já roubaram objetos das casas em frente, até cantoneira de alumínio de muro. A polícia está aí para deter e nós para fazer apoio. Mas temos medo", finaliza.


Logo A Tribuna