Homem é preso por enforcar namorada com fio e ameaçar queimá-la por ciúmes no interior de SP

Vítima, que é auxiliar de enfermagem, conseguiu fugir e pedir ajuda. Caso aconteceu no sábado (7), em Itariri, no Vale do Ribeira

Policiais da Delegacia de Polícia Sede de Itariri prenderam, no sábado (7), um homem de 24 anos, na Rua Washington Cardoso, Morro da Fumaça. Ele é acusado de tentar matar a namorada, uma auxiliar de enfermagem de 28 anos. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

O crime aconteceu na noite da última quarta-feira (4), na área rural da cidade, quando o homem entrou na residência da vítima e, por motivos de ciúme, passou a agredi-la com inúmeros socos. A mulher teve as mãos amarradas e foi asfixiada com um fio elétrico, chegando a ficar desacordada. 

O agressor, ao perceber que a vítima não tinha falecido com a asfixia, jogou substância inflamável em seu corpo, alegando que iria matá-la queimada, o que fez a vítima implorar por sua vida. Assim que o homem saiu da residência para buscar um fósforo, a mulher conseguiu fugir e pedir ajuda.

Ciente do ocorrido, a autoridade policial requereu ao Poder Judiciário a prisão temporária do autor do crime. A equipe daquela Delegacia de Polícia se dirigiu à residência do autor, que tentou fugir com a chegada dos policiais. Ele foi imobilizado e recolhido à Cadeia Pública de Peruíbe.

Tudo sobre: