EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

13 de Agosto de 2020

Criança mata padrasto a facadas para defender mãe e irmão de agressão

Homem de 43 anos costumava agredir a mulher e o enteado mais velho, segundo relatos

Uma criança de 11 anos usou uma faca para defender a mãe e o irmão mais velho das agressões do padrasto. O homem, de 43 anos, morreu após sofrer dois golpes de faca do enteado. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (10) na cidade de Campinas, interior de São Paulo. A Polícia Civil registrou a ocorrência na terça-feira (11).

O homem costumava agredir a mulher e o enteado mais velho. Em depoimento, a companheira conta que eles estavam brigando por ciúmes. Na segunda-feira, ele teria partido para agressão contra a mulher e o adolescente, sufocando-o com uma chave de braço.

Ao presenciar a agressão, a criança pegou uma faca para “cutucar” o padrasto, sem intenção de machucá-lo. O garoto diz que golpeou o homem duas vezes, sem saber onde tinha atingido. O padrasto machucado correu para fora de casa sangrando. O corte atingiu o pescoço e ele acabou morrendo rapidamente.

O delegado responsável pelo registro da ocorrência apurou que a "criança com apenas 11 anos de idade agiu sob forte emoção e apenas golpeou o agressor, para que o mesmo interrompesse a severa agressão contra o irmão".

O caso será apresentado ao Ministério Público e à Vara da Infância e Juventude.

*Com informações do G1 Campinas e Região

Tudo sobre: