Coca-Cola surpreende o mercado ao anunciar início das vendas com garrafas de papel

Companhia quer, cada vez mais, investir em planos de sustentabilidade.

A Coca-Cola anunciou, nesta semana, a criação de uma garrafa de papel definitiva e o início da comercialização. O novo recipiente, biodegradável, será testado ao longo de 2021 e poderá ser comercializado, a princípio, em poucas unidades.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Segundo anúncio da companhia, o protótipo deverá aparecer nas prateleiras de alguns mercados selecionados pela própria Coca-Cola. Não há data de previsão de chegada ao Brasil. As primeiras unidades serão vendidas, de forma limitada, na Hungria, em uma bebida chamada 'AdeZ'. Vendo a viabilidade do produto, o plano será ampliado.

O protótipo leva, além de papel, outros materiais que podem se desfazer rapidamente, diminuindo os impactos ambientais e contribuindo para um mundo mais sustentável. A Coca-Cola pretende, até 2030, coletar e reciclar uma garrafa ou lata para cada embalagem do mesmo tipo que a companhia vender.

Tudo sobre: