Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Soteldo celebra vitória contra o Boca Juniors: 'Em nossa casa mandamos nós'

Venezuelano marcou gol e foi eleito o melhor jogador da partida

Por: Por ATribuna.com.br  -  14/01/21  -  00:27
Atualizado em 14/01/21 - 00:33
Soteldo voltou a marcar um gol pelo Santos
Soteldo voltou a marcar um gol pelo Santos   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

Soteldo teve uma noite iluminada na Vila Belmiro. Titular, o venezuelano marcou um dos gols na vitória por 3 a 0, contra o Boca Juniors, pela semifinal da Copa Libertadores da América. De quebra, além da vaga na decisão da competição, levou o prêmio de melhor jogador da partida.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O camisa 10 do Peixe valorizou os feitos na noite desta quarta-feira (13). "Valorizar as palavras que meu irmão Alison falou no vestiário antes do jogo. Nós temos apreço por vários jogadores do Boca, mas é nossa casa. Em nossa casa mandamos nós".


Soteldo disse ainda que o elenco passou por muita coisa desde o início do ano, mas que Deus compensou todo o sacríficio que o grupo fez para chegar até a decisão. "Agradecer a Deus por esse prêmio que a gente ganhou. Todo mundo ganhou porque trabalhamos para isso. Comemorar e já pensar para os dias que faltam para a final. Agradeço esse grupo. Nós merecemos esse prêmio de hoje".


Sobre o gol, o camisa 11 diz estar feliz, mas lamentou não ter conseguido ajudar o Santos nos duelos contra o Grêmio, ainda nas quartas de final da Copa Libertadores da América, por ter contraído a covid-19. "Feliz (pelo gol). Triste quando fiquei com covid porque não joguei os dois jogos contra o Grêmio. Não pude ajudar meus companheiros. Fiquei fora, fiquei muito mal. Mas, graças a Deus, esse time que nós temos é muito forte".


O Santos disputa a final da Copa Libertadores da América contra o Palmeiras. A partida está marcada para o próximo dia 30, às 17h, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.


Logo A Tribuna