Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Pronto para assumir a vaga de Veríssimo, Laércio mostra confiança no Santos

Zagueiro santista destaca a oportunidade dada pelo técnico Cuca e se mostra empolgado para ajudar o time

Por: Por A Tribuna.com.br  -  05/02/21  -  17:06
Laércio comemora chances como titular do Santos
Laércio comemora chances como titular do Santos   Foto: Ivan Storti / Santos FC

O zagueiro Laércio, do Santos, começa a vislumbrar a possibilidade de se tornar titular absoluto. Com a venda de Lucas Veríssimo para o Benfica, de Portugal, o jogador iniciou a partida contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro entre os 11. A confiança do técnico Cuca, que pediu sua contratação junto ao Caxias, deixou o defensor empolgado.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


“Já era algo esperado essa saída do Lucas. Todos sabíamos que isso aconteceria após a Libertadores. Eu já vinha atuando em alguns jogos quando ele (Veríssimo) ou o Luan estavam fora e fico muito feliz por ter essa continuidade agora. O professor Cuca está me dando mais essa chances e vou procurar aproveitar da melhor forma. Quando você chega num clube de alto nível como o Santos, acaba precisando de um processo de adaptação. Eu passei e ainda estou passando por isso. Então sigo procurando melhorar a cada dia, pois sei que posso ajudar muito a equipe dentro de campo”, disse Laércio, que no começo não foi tão bem recebido pelos torcedores do Santos.


A estreia do zagueiro com a camisa do Santos foi no dia 14 de outubro do ano passado, na Vila Belmiro, na derrota por 1 a 0 para o Atlético-GO, próximo adversário do Peixe no Brasileirão. Laércio lamenta o resultado no passado e elogia o time goiano, mas vê o Peixe preparado para vencer.


“Fiz minha estreia como titular contra o Atlético-GO. Infelizmente, eles acabaram saindo com a vitória com um belo gol no fim, e isso só mostra como a equipe deles é organizada tanto no ataque quanto na defesa. Não tem essa coisa de revanche. Eles também estão na briga pela vaga na Libertadores, mas tenho certeza que o professor vai armar a melhor estratégia para alcançarmos a vitória lá dentro”, finalizou o jogador do Peixe.


O camisa 6 do Peixe disputou 14 partidas pelo clube e marcou um gol. Foi na goleada por 4 a 1 contra o Grêmio, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, na Vila Belmiro. Seu gol foi o que sacramentou a vitória santista.


Logo A Tribuna