Na cartilha de Sampoli, apatia é um sentimento proibido, diz Gustavo Henrique

Zagueiro ainda revela que os trabalhos da semana foram voltados para o sitema defensivo

Por: Bruno Lima  -  17/01/19  -  14:42
  Foto: Ivan Storti/Santos FC

A filosofia do técnico Jorge Sampaoli aos poucos começa a ser assimilada pelos jogadores do Santos. E um sentimento que o treinador proibiu dentro do elenco alvinegro é o da apatia. Segundo o zagueiro Gustavo Henrique, o argentino até releva um ou outro dia ruim dos seus comandados, tecnicamente falando. Porém, para que o Peixe chegue às conquistas, indisposição é algo proibido.

"O Santos tem que entrar em todas as competições para ganhar título. Não pode faltar raça e vontade de ter a bola, mesmo com a parte técnica não estando bem. O Sampaoli preza muito que fiquemos com a bola, porque assim teremos mais chances de fazer os gols", disse o defensor.


Ainda de acordo com o zagueiro, o trabalho do treinador nesta semana tem sido voltado para o sistema defensivo.


"Como falei, o Sampaoli preza muito a posse de bola. Ele trabalhou bastante o sistema defensivo, com os zagueiros sob pressão. Ele priorizou demais a defesa nos últimos dias. Aos poucos, a gente vai se aprimorando para tomar cada vez menos gols", concluiu o camisa 6 do Peixe.


Logo A Tribuna