CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Marcelo Fernandes diz não ter sido comunicado sobre Diniz: 'Se vier, estaremos de braços abertos'
Peixe acertou com o novo comandante minutos antes da partida diante do Palmeiras
Por: Fúlvio Feola  -  07/05/21  -  09:25
Marcelo Fernandes diz não ter sido comunicado sobre Diniz   Foto: Ivan Storti/Santos FC

Após o acerto do Santos com Fernando Diniz, para ser o novo comandante da equipe, o técnico interino e membro da comissão fixa Marcelo Fernandes se mostrou surpreso com o chegada do novo treinador. Após a derrota por 3 a 2 diante do Palmeiras, Fernandes disse que não foi comunicado, mas que o grupo estará de braços abertos para recebe-lo.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


"Não sei sobre a possibilidade do Fernando (Diniz). Fui surpreendido com a pergunta do repórter antes do jogo. Se tivesse acontecido algo, eles teriam comunicado. Se o Fernando vier, estaremos de braços abertos, como é de praxe do estafe", comentou Marcelo Fernandes.


O Peixe já acertou um contrato com o novo treinador por um ano, porém ainda falta a assinatura do vínculo e o anúncio oficial de Fernando Diniz. Ele estava desempregado desde fevereiro, quando foi demitido do São Paulo. Ele aceitou um salário menor do que o de Ariel Holan para comandar o time da Vila Belmiro. Os valores estão sendo mantidos em sigilo.


O próximo compromisso do Santos é vital para a permanência do clube na Série A do Campeonato Paulista. Já eliminado da competição, o Peixe enfrenta o São Bento, no domingo (9), com horário a confirmar, pela última rodada da fase de grupos. Os dois são concorrentes diretos na luta contra o rebaixamento. O Alvinegro Praiano, sob o comando de Marcelo Fernandes ou Fernando Dinz, precisa de um empate para se manter na elite do futebol paulista.