DIS alega confiar na justiça após promotoria da Espanha retirar acusações contra Neymar

Grupo que detinha 40% dos direitos econômicos do craque confia em mudança no veredito

Por: ATribuna.com.br  -  28/10/22  -  12:04
Grupo DIS diz ainda confiar na Justiça da Espanha
Grupo DIS diz ainda confiar na Justiça da Espanha   Foto: Reprodução/Instagram

Após o Ministério Público da Espanha retirar todas as acusações contra Neymar, nesta sexta-feira (28), em um processo que investigava suposta corrupção e fraude na transferência do jogador do Santos para o Barcelona, em 2013, o Grupo DIS emitiu uma nota alegando que ainda confia que a "justiça será feita".


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios


A DIS era dona de 40% dos direitos econômicos do atleta e recebeu 6,84 milhões de euros. Porém, o valor divulgado oficialmente na compra de Neymar daria um percentual maior a empresa.


Segundo o Grupo DIS, na próxima segunda-feira (31), vai acontecer o encerramento da fase oral do julgamento, e na sequência haverá uma sentença pelos juízes. No comunicado, a empresa fala que houve mudança de postura da promotoria espanhola.


Segue o comunicado do Grupo DIS


Declaramos que, passados os primeiros dias de julgamento, as acusações da DIS seguem intactas. Na segunda-feira (31) haverá as razões finais orais das partes, encerrando a fase oral do julgamento. Em seguida haverá uma sentença pelos juízes.


Apenas houve uma mudança de postura da promotoria espanhola (assistente de acusação), que confundiu inúmeros conceitos e a farta prova produzida, retirando acusações, em particular pelo promotor que assumiu o caso 2 semanas antes da audiência, em substituição ao anterior.


Porém, o pleito da DIS segue intacto e temos confiança de que a justiça será feita.


Sem mais, Grupo DIS.


Logo A Tribuna
Newsletter