Chapecoense vence e frustra planos do Santos de entrar no G-6 do Brasileirão

Em jogo válido pela 33ª rodada, time catarinense venceu por 1 a 0 com gol de Leandro Pereira

Por: De A Tribuna On-line  -  13/11/18  -  01:16
Em partida realizada no Pacaembu, pouco mais de 12 mil torcedores acompanharam derrota do Santos
Em partida realizada no Pacaembu, pouco mais de 12 mil torcedores acompanharam derrota do Santos   Foto: Folhapress

O Santos perdeu a oportunidade de entrar no G-6 do Campeonato Brasileiro ao perder para a Chapecoense por 1 a 0, em jogo válido pela 33ª rodada da competição. Leandro Pereira marcou o único gol do jogo aos 28 minutos do primeiro tempo. Com vários desfalques, o Santos não fez uma boa apresentação e deixou muito a desejar ao pouco mais de 12 mil torcedores que compareceram ao Estádio do Pacaembu.


Com o resultado, o Santos permanece com 46 pontos, empatados com Cruzeiro e Atlético-PR, e agora está em oitavo na tabela do Brasileirão. Já a Chapecoense, com a vitória, chegou aos 37 pontos. O time catarinense segue na zona de rebaixamento, mas tem a mesma pontuação do Sport, o primeiro time fora da zona de times que vão para a Série B.


Esta foi a primeira derrota do Santos como mandante desde a chegada de Cuca. O Peixe não poderá perder muito tempo já que o time volta a campo nesta quinta-feira, feriado da Proclamação da República, diante do Flamengo, às 17h, no Maracanã. No mesmo dia e hora, a Chapecoense recebe o Botafogo, na Arena Condá.


Com os vários desfalques, Copete iniciou o jogo entre os titulares
Com os vários desfalques, Copete iniciou o jogo entre os titulares   Foto: Folhapress

O jogo


Como era de se esperar, o Santos tomou a iniciativa da partida. O time de Cuca começou bem a partida, controlando as ações ofensivas e oferecendo tranquilidade para o sistema defensivo. Tanto que, logo no primeiro minuto, Copete quase balançou as redes dentro da pequena área após bela jogada de Derlis Gonzalez pelo lado direito.


O goleiro Jandrei foi acionado aos 12 minutos em cobrança de falta de Bryan Ruiz, novidade entre os titulares em meio aos vários desfalques do Santos. A partir daí, a Chapecoense se lançou ao ataque e tirou vantagem dos espaços dados pela defesa do Santos. O mais perigoso foi Leandro Pereira que obrigou Vanderlei a fazer duas boas intervenções.


Aos 28 minutos, após cobrança de escanteiro, uma desatenção geral da defesa do Peixe e o mesmo Leandro Pereira aproveitou rebote de Gustavo Henrique e empurrou para o gol vazio, marcando pela oitava vez no Brasileirão. Antes do fim da primeira etapa, Derlis Gonzalez arriscou de fora da área, mas não levou perigo.


O Santos bem que tentou, mas ofereceu pouco perigo ao goleiro Jandrei, da Chape
O Santos bem que tentou, mas ofereceu pouco perigo ao goleiro Jandrei, da Chape   Foto: Folhapress

O Santos voltou para o segundo tempo com as entradas de Rodrygo e Arthur Gomes no lugar de Daniel Guedes e Bryan Ruiz, para deixar o time ainda mais ofensivo. Mas não era a noite do Peixe. Muitos erros de passe, pouca criatividade e nada da bola balançar as redes.


Com o resultado a favor, a Chape, treinada por Claudinei Oliveira, ex-técnico do Peixe em 2013, recuou o time, apostando em contra-ataques e erros de saída de bola do Santos. O time pouco fez no segundo tempo a não ser defender. A única chance de perigo veio em cobrança de falta de Canteros, que chamou a atenção de Vanderlei.


Bruno Henrique entrou no lugar de Copete e participou de um dos raros momentos de perigo do Peixe na etapa final. Alison cruzou da direita, a bola passou por toda a área da Chape, Bruno Henrique tentou desviar, Rodrygo escorou de cabeça, mas errou o alvo.


Nos instantes finais, Alison e Yuri formaram a dupla de zagueiros, enquanto que Gustavo Henrique virou centroavante para tentar a sorte na bola parada. Aos 48 minutos, em novo cruzamento, dessa vez rasteiro de Derlis González, o goleiro Jandrei fez defesa no primeiro momento, mas ninguém vestindo branco aproveitou o rebote.


Ao final do jogo, desolação de Alison, sentado no gramado do Pacaembu
Ao final do jogo, desolação de Alison, sentado no gramado do Pacaembu   Foto: Folhapress

Ficha técnica


Santos 0 x 1 Chapecoense


Local: Estádio do Pacaembu


Público/renda: 12.659/R$ 334.014,50


Gols: Leandro Pereira (28/1T)


Cartões amarelos: Alison e Yuri; Márcio Araújo


Santos: Vanderlei; Daniel Guedes (Rodrygo), Alison, Gustavo Henrique e Dodô; Yuri, Carlos Sánchez e Bryan Ruiz (Arthur Gomes); Derlis González, Copete (Bruno Henrique) e Eduardo Sasha. Técnico: Cuca.


Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Canteros (Elicarlos) e Doffo (Vinícius); Leandro Pereira e Wellington Paulista (Luiz Otávio). Técnico: Claudinei Oliveira.


Logo A Tribuna