Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Ariel Holan é o novo técnico do Santos

Técnico terá a missão de brigar pelos títulos paulista, cujo campeonato começa já no próximo dia 28, mais brasileiro, da Copa do Brasil e Copa Libertadores da América

Por: Bruno Lima & Fulvio Feola &  -  22/02/21  -  17:09
O argentino chega à Vila Belmiro para substituir Cuca
O argentino chega à Vila Belmiro para substituir Cuca   Foto: Reprodução/Instagram

O Santos está oficialmente de técnico novo. Depois de muita análise dos mercados brasileiro e sul-americano, o time da Vila Belmiro entrou em acordo com o argentino Ariel Holan, que foi anunciado nesta segunda-feira (22). O vínculo do treinador será até dezembro de 2023.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


No Peixe, Holan terá a missão de brigar pelos títulos paulista, cujo campeonato começa já no próximo dia 28, mais brasileiro, da Copa do Brasil e um internacional, a Copa Libertadores da América.


No site oficial do Santos, Ariel Holan já falou suas primeiras palavras como comandante do Peixe. "Estou muito feliz em dirigir o Santos, um clube com tantos craques como Pelé e Neymar. Será um desafio participar de uma das ligas mais equilibradas do mundo, mas confio plenamente que vamos entregar um bom resultado para a torcida com mentalidade ofensiva e que os jogadores mais novos sejam aproveitados com os mais experientes. Sei que é uma responsabilidade muito grande, mas estou animado.", disse o argentino.



O argentino chega à Vila Belmiro para substituir Cuca, que optou por deixar o clube antes do término do seu contrato, que se encerra com o fim do Brasileirão, sob a justificativa de que houve muito desgaste ao longo da última temporada, quando o clube foi comandado por três presidentes: José Carlos Peres, impedido acusado de praticar gestão temerária, Orlando Rollo e o mandatário eleito em dezembro Andres Rueda.


Com 60 anos, Holan terá a primeira experiência no futebol brasileiro. Treinador de categorias de base e auxiliar técnico na maior parte da carreira no futebol o argentino, ele teve a sua primeira oportunidade como técnico de times profissionais em 2015, à frente do Defensa y Justicia, da Argentina.


Posteriormente, em 2017, comandou o Independiente, onde conquistou a Copa Sul-Americana daquele mesmo ano sobre o Flamengo em pleno Maracanã. Contratado no início do ano passado pela Universidad Católica, Holan conduziu o clube ao título nacional de 2020.


Apesar da conquista, o técnico optou por fazer uso de uma cláusula em seu contrato que o liberava sem o pagamento de multa diante de uma proposta do exterior.


Hóquei


Antes de se arriscar no futebol, Holan foi treinador em um outro esporte: hóquei sobre a grama. E ele não foi um técnico qualquer.


Em 2003, à frente da seleção feminina do Uruguai, conquistou a medalha de bronze do Pan-Americano de Santo Domingo. E a vivência neste esporte faz o treinador colocar em prática métodos do hóquei nas suas equipes.


Logo A Tribuna