Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Após folga, Santos trabalha para quebrar jejum de quatro anos contra o Ituano

A última vitória do Peixe sobre o Ituano foi em 2016, por 2 a 1, com gols de Gustavo Henrique e Ricardo Oliveira

Por: Bruno Lima  -  11/03/21  -  09:40
No último confronto, vitória do Ituano por 2 a 0
No último confronto, vitória do Ituano por 2 a 0   Foto: Ivan Storti/Santos FC

Depois de vencer o Deportivo Lara, da Venezuela, no confronto de ida da pré-Libertadores, o Santos volta aos treinamentos na manhã desta quinta-feira (11) visando o confronto contra o Ituano, sábado (13), às 19 horas, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. E a vitória contra o Galo de Itu se faz necessária para colocar ponto final em um jejum que já dura quatro anos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A última vitória do Peixe sobre o Ituano foi em 2016, por 2 a 1, com gols de Gustavo Henrique, hoje no Flamengo, e Ricardo Oliveira, atualmente no Coritiba.


Depois disso, as duas equipes se enfrentaram em quatro oportunidades. Foram dois empates, 0 a 0 em 2017 e 1 a 1 em 2018, e duas derrotas, a sonora goleada de 5 a 1 em 2019 e 2 a 0 em 2020.


Antes desse jejum, em 2014, o Ituano bateu o time da Vila Belmiro nos pênaltis e se sagrou campeão paulista, naquela que é a maior conquista da história do clube.


Além de afastar o fantasma de Itu, a vitória é importante pois o Santos ainda não ganhou no Estadual. Nas três primeiras rodadas o Peixe empatou com Santo André e Ferroviária e foi goleado pelo São Paulo.


Assim, com apenas 2 pontos os comandados de Ariel Holan se encontram na terceira colocação do Grupo D, atrás de Mirassol, com 5, e Guarani, com 4.


Já o Ituano chega para o duelo embalado. O time lidera o Grupo C com 7 pontos, depois de vitórias sobre o Guarani e o São Bento, por 3 a 0 e 1 a 0, respectivamente, e um empate por 1 a 1 com o Mirassol.


Logo A Tribuna