Logo A Tribuna

Palmeiras vence Grêmio por 2 a 0 e fatura o tetra da Copa do Brasil

Com gols de Wesley e Gabriel Menino, o Verdão repete o feito dos anos de 1998, 2012 e 2015

Por: Sandro Thadeu  -  07/03/21  -  23:54
Atualizado em 19/04/21 - 16:22
 Gabriel Menino marcou o gol que garantiu o título alviverde
Gabriel Menino marcou o gol que garantiu o título alviverde   Foto: ANDERSON LIRA/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Com uma atuação segura, o Palmeiras derrotou o Grêmio por 2 a 0, na noite de hoje, e sagrou-se campeão da Copa do Brasil. Os gols saíram dos pés de duas crias da Academia, Wesley e Gabriel Menino. Esse é o quarto título do clube nessa competição - os outros foram em 1998, 2012 e 2015.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Após ter vencido o primeiro jogo da final por 1 a 0, em Porto Alegre, no domingo passado, o Verdão repetiu a boa atuação no Allianz Parque e não deu margem para o adversário reverter a situação.


Com esse feito, a equipe alviverde faturou o terceiro título na temporada, após levantar a taça do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores da América.


Essa mesma marca foi obtida em 1993, quando o clube conquistou o Paulistão, o Campeonato Brasileiro e o Torneio Rio-São Paulo.


A conquista também tem um gosto especial para o técnico português Abel Ferreira, que obteve o segundo título na carreira. O primeiro foi a Libertadores.


A partida


O Palmeiras levou um susto aos 2 minutos. Vanderson surgiu bem no lado direito e cruzou rasteiro, mas Pepê, livre na pequena área, não conseguiu finalizar.


Aos 7, o Verdão respondeu com Rony, que partiu em velocidade para a grande área, mas, na hora do arremate, o atacante cochilou e Paulo Miranda conseguiu fazer o bloqueio.


Após esse lance, os visitantes perceberam que o contra-ataque adversário poderia ser fatal e diminuiu o ímpeto ofensivo. A equipe alviverde chegou a balançar as redes aos 19, com Raphael Veiga, mas o gol foi anulado, porque Rony estava impedido no início da jogada.


Quatro minutos depois, Maicon recebeu dentro da área e, na hora de finalizar, Gustavo Gómez o travou. Após esse lance, um novo cruzamento para a área para Diego Souza, que cabeceou, mas Weverton estava bem posicionado para defender.


O Imortal errou muitos passes no meio-campo e facilitou os desarmes do Palmeiras. Aos 41, Paulo Victor salvou o Grêmio ao espalmar um chute colocado de Zé Rafael.


Na volta para o segundo tempo, as duas equipes retornaram sem alterações. Aos 7 minutos, os torcedores do Verdão ficaram mais aliviados com o gol de Wesley.


Raphael Veiga puxou rápido contra-ataque e lançou o atacante na direita. O jovem dominou e finalizou de pé esquerdo para superar Paulo Victor.


Em desvantagem, o Grêmio não conseguiu reagir. Aos 39, Willian puxou contra-ataque pela direita e tocou na esquerda para Gabriel Menino. O volante superou a marcação, chutou rasteiro cruzado para fazer o segundo gol e confirmar o tetracampeonato da Copa do Brasil para o Palmeiras.


Ficha técnica:


Palmeiras- Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Alan Empereur e Matías Viña; Felipe Melo, Zé Rafael (Patrick de Paula) e Raphael Veiga (Mayke); Rony, Luiz Adriano (Willian) e Wesley (Gabriel Menino). Técnico: Abel Ferreira.


Grêmio -Paulo Victor; Vanderson (Victor Ferraz), Paulo Miranda, Kannemann (Churín) e Diogo Barbosa; Maicon (Guilherme Azevedo), Matheus Henrique, Thaciano (Jean Pyerre) e Alisson; Diego Souza e Pepê (Ferreirinha). Técnico: Renato Gaúcho.


Gols -Wesley, aos 7 minutos, e Gabriel Menino, aos 39 minutos do segundo tempo.


Cartões amarelos - Zé Rafael, Mayke, Lucas Esteves, Gabriel Menino, Marcos Rocha (Palmeiras), Paulo Miranda e Kannemann (Grêmio).


Árbitro - Bruno Arleu de Araújo (RJ).


Logo A Tribuna