Palmeiras empata com Cuiabá e segue invicto como visitante no Brasileirão

Com o resultado, o Palmeiras mantém a incrível invencibilidade como visitante no torneio nacional

Por: Estadão Conteúdo  -  06/11/22  -  21:01
Atualizado em 06/11/22 - 21:02
Cuiabá e Palmeiras ficaram no empate em 1 a 1
Cuiabá e Palmeiras ficaram no empate em 1 a 1   Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Campeão com três rodadas de antecedência, o Palmeiras não entrou em campo com o mesmo volume que o fez vencer o Brasileirão. O goleiro Walter também foi o principal empecilho para que o time paulista saísse vencedor. Porém, em falhas pontuais do arqueiro do Cuiabá e de Weverton, Jonathan Cafu e Flaco López fizeram os gols do jogo, que terminou empatado por 1 a 1 na Arena Pantanal. Com o resultado, o Palmeiras mantém a incrível invencibilidade como visitante no torneio nacional.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


No momento em que o jogo parecia muito estudado pelas duas equipes, o Cuiabá conseguiu encontrar espaço do lado esquerdo com Pepê e André Luís e, aos 6 minutos, inaugurou o placar com o atacante Jonathan Cafu, concluindo após rebote do goleiro Weverton.


Com dificuldade de articulação ofensiva interna, o Palmeiras abusava das jogadas pelas beiradas, com chutes de longa distância e bola parada. Aos 20, o Cuiabá quase chegou ao segundo gol em cabeceio de Marcão Silva, exigindo grande reflexo de Weverton. Aos 27, Walter fez milagre. Defendeu um chute rasteiro de López e, no rebote, pegou finalização de Rony à queima roupa. Mais tarde, Atuesta cobrou uma falta que exigiu brilho do arqueiro cuiabano novamente.


Com a fome de título saciada, o Palmeiras não conseguiu encontrar soluções criativas para furar a defesa do Cuiabá. O time do Mato Grosso, com o placar favorável, saía esporadicamente. Assim, o placar da etapa inicial se manteve favorável à equipe mandante.


No segundo tempo, os comandados de Abel Ferreira voltaram com mais vontade, tocando a bola com mais velocidade para provocar espaços na retaguarda adversária. Foi assim que boas chances foram criadas com Dudu, Atuesta e López, todas bloqueadas pelo goleiro Walter, que fazia um jogo iluminado.


Sem o controle da posse de bola, o Cuiabá precisava insistir nos contragolpes. No minuto 27, Deyverson obrigou Weverton a defender de mão trocada para evitar a mudança no placar.


No futebol, os panoramas se invertem. Heróis viram vilões em poucos minutos. Aos 30, após cobrança de falta de Gabriel Menino, Walter falhou na tentativa de defesa, a bola sobrou para López, que voltou a marcar pelo Palmeiras, igualando o placar na Arena Pantanal.


O gol de empate não fez o Palmeiras arrefecer. Invicto como visitante no Campeonato Brasileiro, o time paulista seguiu na luta pela virada. A pressão final, com quatro atacantes em campo, foi insuficiente, e o placar de igualdade persistiu até o fim na capital mato-grossense.


FICHA TÉCNICA


CUIABÁ 1 x 1 PALMEIRAS


CUIABÁ - Walter; Marllon, Joaquim e Alan Empereur; Marcão Silva, Rafael Gava (Denilson), Pepê (Camilo) e Igor Cariús; André Luís (Felipe Marques), Jonathan Cafu (João Lucas) e Deyverson. Técnico: António Oliveira.


PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Gómez, Murilo e Vanderlan (Jorge); Danilo (Gabriel Menino), Atuesta e Bruno Tabata (Miguel Merentiel); Dudu (Rafael Navarro), Rony (Breno Lopes) e López. Técnico: Abel Ferreira.


GOLS - Jonathan Cafu, aos 6 minutos do primeiro tempo. López, aos 30 do segundo tempo.


ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (Fifa-SC).


CARTÕES AMARELOS - Marllon e André Luís.


CARTÃO VERMELHO - António Oliveira.


PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.


LOCAL - Arena Pantanal.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna
Newsletter