EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

10 de Agosto de 2020

Jojó de Olivença fatura título em disputa no litoral catarinense

Baiano radicado em Guarujá, surfista vence disputa de veteranos realizada em praias de Santa Catarina

O surfista Jojó de Olivença agitou as quatro praias do litoral catarinense que sediaram o Circuito Corona The Legends Vida Marinha. O torneio, que reuniu alguns dos membros da elite do surfe brasileiro e mundial das últimas décadas, teve o baiano radicado em Guarujá como campeão da categoria kahuna, destinada aos esportistas com mais de 50 anos de idade – ele tem 52.

Jojó se sagrou vencedor antes mesmo da etapa final, realizada na praia da Joaquina, em Florianópolis. Isto porque ele já havia vencido as duas primeiras etapas e ficado com a segunda colocação em outra. Como se não bastasse, venceu a última e terminou o circuito com 100% de aproveitamento (quando aplicado o descarte de uma etapa).

Na praia da Joaquina, o bicampeão brasileiro de surfe em 1988 e 1992 obteve uma nota 9, que foi a mais alta da etapa, levando em consideração todas as categorias – mais de 100 competidores participaram das disputas.

Das quatro etapas do circuito, a primeira foi realizada nos Molhes de Laguna, em Laguna. A seguinte teve como palco a praia da Ferrugem, em Garopaba, e a terceira foi no Molhe do Atalaia, em Itajaí. A decisão ficou para a Joaquina.

Projeto Ondas

Jojó de Olivença é também o idealizador do Projeto Ondas, que dá aulas de surfe, Matemática, Português, além de Educação Ambiental e outros, buscando ampliar caminhos para crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade no Guarujá.

Atualmente, o Ondas atende cerca de 60 crianças e adolescentes e mais de 500 já passaram pelas mãos da equipe. 

As atividades são realizadas no contraturno escolar e servem para, além de incentivar a prática do surfe, complementar o ensino das salas de aula.

Tudo sobre: