Para evitar novas ameaças, Corinthians não desembarca em área comum de aeroportos

A alteração no procedimento de viagem do clube acontece em decorrência das ameaças sofridas pelos jogadores e comissão técnica no dia 13

O Corinthians informou nesta terça-feira que não passará pela área de desembarque dos Aeroportos de Guararapes, no Recife, e de Guarulhos, em São Paulo. A alteração no procedimento de viagem do clube acontece em decorrência das ameaças sofridas pelos jogadores e comissão técnica no dia 13 de setembro.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Na ocasião, o clube voltava do Rio de Janeiro, onde havia perdido para o Fluminense por 2 a 1. O volante Ederson foi xingado e Araos foi empurrado. Nem mesmo Cássio foi poupado das cobranças. O goleiro precisou caminhar cercado por seguranças até a entrada do ônibus.

A princípio, essa determinação não possui prazo de validade. O Corinthians enfrenta o Sport, nesta quarta-feira, às 21h30, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube se encontra na 13ª colocação, com 12 pontos. Em seu último jogo, a equipe alvinegra venceu o Bahia, em casa, por 3 a 2, e se afastou da zona de rebaixamento.

Confira a nota oficial do clube:

"Aos torcedores que pretendem comparecer no aeroporto, o Sport Club Corinthians Paulista informa que a delegação não passará pelo desembarque. A saída se dará diretamente pela pista, conforme autorizado pelo Aeroporto Internacional do Recife Guararapes - Gilberto Freyre. Da mesma forma acontecerá o retorno a São Paulo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na quinta-feira."

Tudo sobre: