Futuro de São Vicente está entre Kayo Amado e Solange Freitas

Mais de 250 mil eleitores estão aptos a votar na Cidade

Pela primeira vez os moradores de São Vicente voltarão às urnas na mesma eleição. O destino da Cidade nos próximos quatro anos será definido hoje, em um histórico segundo turno. São 252.146 eleitores cadastrados no Município, que poderão votar entre 7 e 17 horas. É o segundo maior colégio eleitoral da Baixada Santista, atrás de Santos. As mulheres são maioria, representam 53,6% do eleitorado (135.275).

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços!

A disputa é entre Solange Freitas (PSDB) e Kayo Amado (Pode). Ela teve 41,47% dos votos válidos (67.558) no primeiro turno e terminou em primeiro. Ele, 33,95% (55.307), na segunda posição. Ambos deixaram o atual prefeito Pedro Gouvêa (MDB), em terceiro, de fora do pleito. É a primeira eleição em que um prefeito não é reeleito na Cidade. Em 2016, Luís Claudio Bili não concorreu. 

Amado é servidor público municipal em São Bernardo do Campo (SP), tem 29 anos e disputa a Prefeitura pela segunda vez. Em 2016, pela Rede, ficou em segundo lugar, com 48,6 mil votos, perdendo para Gouvêa. Em 2018 tentou ser deputado federal, mas também não se elegeu. 

Solange é jornalista e estudante de Direito, tem 50 anos e tenta a cadeira do Executivo pela primeira vez. Entrou este ano para a política e busca o cargo público após trabalhar quase 30 anos com Jornalismo, a maior parte deles em televisão. Por esse motivo, é conhecida pela população. 

Competição equilibrada

A historiadora e cientista política Clara Versiani prevê uma disputa equilibrada, lembrando que a diferença de votos entre os dois candidatos no primeiro turno não foi tão grande. 

“Solange Freitas teve a maioria dos votos, porém precisamos considerar que no segundo turno os candidatos tem o mesmo espaço, a mesma exposição. Mas é um tempo curto de campanha para mudar antigas convicções”. 

Clara acha difícil dizer o que será decisivo para a escolha do eleitor. Para ela, os dois candidatos são muito diferentes. “Kayo Amado tem uma experiência maior, já foi candidato, tem uma história de atuação política na Cidade e uma carreira como servidor público. No entanto, Solange Freitas é uma pessoa conhecida, jornalista, atuando muito tempo num veículo de comunicação de grande penetração na Cidade. E tem apoio do PSDB, que está há décadas no Governo do Estado. É um peso político”. 

Seja quem for o escolhido, ela avalia que vai enfrentar muitas dificuldades nos próximos anos, cenário agravado pela pandemia. “São Vicente tem um histórico de problemas. Dificuldades de crescimento econômico, de garantia de serviços básicos para a população. Teve uma crise séria há alguns anos que ainda não superou". 

Endereços - Cartórios de São Vicente 

177ª Zona Eleitoral 
Rua Martim Afonso, 37, Centro, telefones: 3467-4902, 3568-3391 e 3467-1454

340ª Zona Eleitoral 
Praça da Bandeira, 15, 2º andar, Centro, telefones: 3568-3221 e 3467-7008 

Tudo sobre: