Aprovação de Bolsonaro cai no período eleitoral, diz pesquisa

O presidente perdeu apoio nas capitais durante o período de campanha eleitoral para o segundo turno, informa Ibope

O presidente Jair Bolsonaro perdeu apoio nas capitais durante o período de campanha eleitoral, segundo pesquisas Ibope O Estadão. A comparação avaliou o governo federal em 24 capitais, com base a levantamentos feitos desde outubro. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em dezenas de lojas, restaurantes e serviços! 

O porcentual dos que consideram a administração de Bolsonaro ótima/boa variou negativamente em 19 cidades. Em sete a oscilação aparece dentro da margem de erro. Em outras 12, o resultado aponta um desgaste na imagem do governo.

A maior queda de popularidade do presidente ocorreu em João Pessoa - passou de 43% para 30%. Já o porcentual de pessoas que avaliam o governo como ruim/péssimo cresceu de 33% para 43% no mesmo período. A margem de erro das pesquisas é de quatro pontos

Em Manaus, a aprovação de Bolsonaro caiu de 54% para 42%, enquanto a rejeição passou de 26% para 32% no período. Na capital amazonense, o presidente apostou em três candidatos - Coronel Menezes (Patriota), Capitão Alberto Neto (Republicanos) e Romero Reis (Novo) - nenhum deles chegou ao segundo turno da disputa.

O porcentual dos que consideram a gestão de Bolsonaro ótima/boa teve queda também em Belo Horizonte, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Goiânia, Porto Velho, Rio Branco, São Luís, São Paulo e Vitória.

Tudo sobre: