ONG busca apoio para entregar 330 kits de volta às aulas a crianças de São Vicente

Frutos do Amanhã corre atrás de suporte financeiro para entregar os materiais aos alunos carentes

Por: Júnior Batista & Crianças e Jovens & Ajuda &  -  06/02/21  -  01:16
Famílias de vários locais de SV são beneficiadas a partir da doação de alimentos
Famílias de vários locais de SV são beneficiadas a partir da doação de alimentos   Foto: Carlos Nogueira/AT

A ONG Frutos do Amanhã, de São Vicente, completa dez anos na próxima terça-feira buscando apoio para atender as crianças e jovens carentes da Vila Ema e arredores que voltarão às aulas na segunda-feira. Hoje, a instituição conta com 40 kits formados por lápis, cadernos e outros itens, mas a intenção é obter ao menos 330.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Trata-se de mais um desafio à ONG que, no ano passado, já superou outra dificuldade: o pagamento do aluguel da sede. De acordo com a presidente da Frutos do Amanhã, Heloísa Morais, obter os 330 kits seria o presente de aniversário ideal à entidade que, há uma década, oferece apoio aos mais vulneráveis.


“Meu presente desses dez anos seria conseguir alcançar todos os kits. Minhas crianças precisam demais disto. A Educação é a única chave para mudar o futuro delas”, afirma Heloisa. “Eu tenho muito orgulho disso aqui”, completa ela, ao lado de um dos kits.


Novo espaço


A nova sede da ONG é uma casa um pouco menor que a anterior, mas fica em um “local ótimo”, segundo Heloísa, por estar ao lado da casa anterior. “Isso ajuda muito porque, quando você muda de local, corre o risco de perder essa ligação com as pessoas. É muito importante manter o espaço”.


Localizada na Rua Geralda Martins de Oliveira, 355, Vila Matias, a casa tem um dormitório, que está abrigando temporariamente as máquinas de costura das oficinas. Segundo Heloísa, o plano é utilizar o quintal dos fundos para isso. “As obras já começaram, mas falta muito e ainda não temos todo o dinheiro necessário”.


Uma vaquinha foi feita na internet. O custo da obra é de R$ 30 mil. Esse é um dos projetos mais importantes da ONG e chama-se Costurando Para Amanhã, sendo focado em capacitar e profissionalizar mulheres que sofreram relacionamentos abusivos e agressivos.


“Meu objetivo sempre foi que os jovens se capacitem. Não é um trabalho só de assistência, quero mais que isso”, reforça ela, que mantém a ONG com dinheiro próprio, vindo dos atendimentos espirituais que faz - nesse último ponto, faz questão de reforçar que a ONG não tem religião nem terá algo do tipo para “não confundir as coisas”.


Quarentena


As aulas de caratê e as oficinas ainda não retornaram por conta das medidas de prevenção à covid-19 e pela adaptação ao novo espaço, já que o esporte, por exemplo, foi passado para o quintal de sua casa, que se transformou num núcleo da ONG.


Durante os períodos mais duros de isolamento social, Heloísa conta que acabou trabalhando ainda mais. Conseguiu apoio da rede de supermercados Extra, de Praia Grande, que faz doações semanais de produtos que seriam as “sobras”, como frutas com algumas marcas e latas que foram amassadas, mas reunindo condições de consumo.


“Estou atendendo famílias de vários locais. Catiapoã, Dique do Sambaiatuba... Cada dia vai aparecendo mais. Nós cadastramos todos e fazemos recibo de entrega. Eu sou muito chata com isso. Para conseguir avançar ainda mais, nesse momento preciso dessa força, principalmente dos kits. A escola é o futuro, não tem outro jeito”.


Para Doar


São dois tipos de kits que precisam ser doados para Pré-Escola (135 unidades) e Ensino Fundamental (195). Eles vêm com lápis, cadernos, massinha de modelar e outros itens. Custam R$ 60,00 e R$ 80,00, respectivamente. Para doar, é possível entrar em contato pelo WhatsApp (13) 98858-5602 ou e-mail ongfrutosdoamanha2011@gmail.com. Depósitos e transferências podem ser feitos para Banco Bradesco, agência 6328-2, conta-corrente 3200-0, CNPJ 14.538.126/0001-29.


Tudo sobre:
ong
Logo A Tribuna