Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Idosos enfrentam forte sol e fila para se vacinar contra covid-19 em São Vicente

Imagens que circularam nas redes sociais mostram longa fila de espera na frente da UBS Central. Prefeitura disse que tempo de atendimento individual "segue os trâmites dentro da normalidade"

Por: Por ATribuna.com.br  -  02/03/21  -  01:58
Idosos aguardam debaixo do sol para se vacinar em São Vicente
Idosos aguardam debaixo do sol para se vacinar em São Vicente   Foto: Reprodução

Os idosos que foram até a Unidade Básica de Saúde (UBS) Central de São Vicente, nesta segunda-feira (1), para se vacinar contra a covid-19 tiveram que enfrentar o forte sol pela manhã, além de uma fila de espera. 


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Em um vídeo divulgado nas redes sociais, uma múnicipe registrou a situação enfrentada pelas pessoas que aguardavam pela imunização. Segundo ela, alguns idosos chegaram a passar mal devido ao calor.


Questionada por ATribuna.com.br, a prefeitura informou que já era esperado o aumento de pessoas nas filas para a vacinação, uma vez que foi ampliada a oferta para públicos mais novos, além do início da aplicação da segunda dose. "A UBS Central está vacinando, esta semana, idosos com mais de 80 anos e aplicando a segunda dose em pessoas com mais de 90 anos e profissionais da saúde. Na quarta-feira (3), inicia a vacinação para idosos de 77 a 79 anos."


Além disso, apesar das reclamações, a administração municipal destacou que "o tempo de atendimento individual segue os trâmites dentro da normalidade", sempre mostrando a seringa com o conteúdo antes da aplicação e, na sequência, a seringa já vazia sendo descartada.


Apesar do volume maior do público-alvo nas primeiras horas da manhã, a prefeitura ressaltou que a imunização se dá até às 15h30. "Para agilizar o atendimento, a Sesau orienta, também, que os idosos façam o pré-cadastro no site Vacivida. O preenchimento não é obrigatório, mas importante para a fluidez do atendimento".


A administração municipal ainda explicou que não é possível manter dentro da unidade de saúde as pessoas que aguardam ser vacinadas porque a UBS segue com os atendimentos de rotina, como consultas médicas, realização de exames, entrega de medicações entre outros. "Importante ressaltar que todos que aguardaram na fila foram vacinados e que não houve aglomeração dentro das unidades de saúde", finalizou.


Logo A Tribuna