Santos ganha mural colorido de Eduardo Kobra na Ponta da Praia

Fachada de centro de convenções ganhou obra de arte de renomado muralista paulistano, com imagens da Bolsa do Café, bondinho, Pelé e estivadores no Porto

A fachada do novo Santos Convention Center, na Ponta da Praia, ganhou um mural que certamente será uma atração à parte. Grafitado pelo renomado muralista paulistano Eduardo Kobra, em frente ao Mercado do Peixe, a obra Coração Santista destaca quatro paixões da Cidade: Pelé, Porto, Bolsa do Café e bonde. São 800 metros quadrados de pintura, sendo que cada uma das imagens está dentro de uma mureta da praia.

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

“Não existe direcionamento nenhum para essa obra, é tudo fruto da minha pesquisa. É um trabalho 100% meu, com pesquisa iconográfica, além da questão emotiva, uma conexão da cidade de Santos com o meu trabalho. Essa é uma das condições quando faço o meu trabalho: ter liberdade para criar”, comenta Kobra, que já pintou murais em mais de 40 países.

Pontos turísticos e ícones da cidade foram retratados na obra (Foto: Matheus Tagé/AT)

Chama a atenção o cuidado que o artista teve para não estragar a surpresa. Kobra ficou 45 dias trabalhando diariamente, embaixo dos tapumes, para preparar esse painel na Ponta da Praia.De acordo com o muralista, a obra na Ponta da Praia está entre as dez maiores da carreira. Foram 300 latas de spray gastas no mural. E se tratando de Kobra, é um feito e tanto. O painel Etnias, desenvolvido por ele no Boulevard Olímpico, na Praça Mauá, centro do Rio de Janeiro, foi reconhecido como o maior grafite do mundo pelo Guinness Book, o livro dos recordes.

Mas antes de iniciar a montagem do painel, Kobra levou cerca de dois meses pesquisando referências e fotos históricas. Ele acredita ter visto grande parte do acervo de Pelé para chegar a escolha.

“Observei tudo desde o começo, mas me apaixonei por essa imagem que tem um coração na forma de suor na camisa do Pelé. É uma foto artística do Luiz Paulo Machado e aproveitei a licença poética para acrescentar a palavra Santos, também em suor, logo abaixo. Tem a ver com toda ligação de amor entre o atleta e a cidade”.

Kobra ficou 45 dias trabalhando diariamente, embaixo dos tapumes (Foto: Matheus Tagé/AT)

Pintar Pelé em Santos tem todo um significado especial para Kobra, que já pintou Dalai Lama, Gandhi, Martin Luther King, Malala, entre outros pelo mundo.

“Todos esses trabalhos têm uma sutileza e os retratados sempre têm uma ligação afetiva e importância para a cidade ou o mundo. O Pelé é importante no mundo inteiro, inspira todos até os dias de hoje. Havia feito um mural pequeno do Pelé em São Paulo, mas aqui é ainda mais especial”, comenta o artista, que também retratou Ayrton Senna em um mural no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Pintar Pelé em Santos tem todo um significado especial para Kobra (Foto: Matheus Tagé/AT)

Coincidentemente, enquanto preparava o mural, Kobra também se dedicou à uma tela, fase inicial do seu trabalho, que será pintada em Beirute, no Líbano, em 2021. “Ao Líbano, com Carinho”, inclusive, está em leilão e toda renda obtida será destinada ao país do Oriente Médio, que sofreu com uma grave explosão, recentemente. Toda ideia foi desenvolvida em Santos.

Santos Convention Center

Com as obras avançadas, o Santos Convention Center será entregue até o fim do mês. Administrado pela multinacional francesa GL Events, o espaço terá mais de 32 mil metros quadrados de área total, pavilhão de feiras climatizado com 9 mil metros quadrados, sala de convenções e shows com capacidade para receber 3 mil pessoas e quatro auditórios de apoio.

Tudo sobre: