EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

20 de Janeiro de 2020

Peças de elevador que despencou e matou quatro são levadas para análise em SP

Acidente completou uma semana nesta segunda-feira (6)

Engenheiros da Polícia Científica estiveram no Edifício Tiffany, em Santos, na manhã desta segunda-feira (6), para colher peças do elevador de serviço que despencou e matou quatro pessoas da mesma família. A tragédia no prédio da Marinha completou uma semana.

Os agentes foram ao prédio para fazer uma análise minuciosa do equipamento. Junto a eles, estavam engenheiros e responsáveis da empresa Elevadores Villarta, incumbida da manutenção do elevador, além de autoridades da Marinha do Brasil.

Algumas peças foram colhidas no local da queda e encaminhadas para análise no Núcleo de Física da Polícia Científica, com sede em São Paulo. Lá, peritos poderão identificar se elas quebraram por excesso de uso, desgaste provocado por outra peça ou defeito de fábrica.

Os primeiros laudos de peritos sobre o acidente devem estar prontos na semana que vem, contudo, o prazo é de 30 dias. A Elevadores Villarta foi intimada pela Prefeitura de Santos a providenciar o laudo técnico de segurança do elevador de serviço.

Acidente

O elevador de serviço do Edifício Tiffany, prédio que abriga militares que atuam na Capitania dos Portos do Estado de São Paulo (CPSP) e seus familiares, despencou às 19h30 do dia 30 de dezembro. O equipamento estava subindo ao nono andar, quando apresentou problemas, caiu até o sétimo andar após o sistema de segurança ser acionado e, posteriormente, desabou até o poço do elevador.

Vítimas

As quatro pessoas que morreram na queda do elevador são da mesma família e foram identificadas no dia 31 de dezembro.

Jucelina Santos, de 47 anos, era esposa de um militar que trabalha no Porto de Santos. As outras vítimas são a irmã dela, Lucineide de Souza Goes, de 43 anos, o cunhado Edilson Donizete, de 45, e o sobrinho, filho do casal, Eric Miguel, de 19, que era jogador de futebol profissional.

Segundo informações da Marinha do Brasil, Lucineide, Edilson e Eric Miguel estavam em Santos para aproveitar a temporada de fim de ano na cidade.

Elevador despencou às 19h30 do dia 30 de dezembro (Foto: Silvio Luiz/AT)
Tudo sobre: