CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE
Grávidas de Santos relatam felicidade e alívio na retomada da vacinação contra a Covid-19
Puérperas também podem ser imunizadas contra a doença; vacina autorizada é a CoronaVac
Por: Matheus Müller  -  17/05/21  -  10:51
Carolina Braggio, grávida de oito meses e meio, está mais segura de ir ao hospital para realizar o parto   Foto: Matheus Müller/AT

Grávidas e puérperas voltaram a receber a primeira dose contra a covid-19 nesta segunda-feira (17) na maioria das cidades da Baixada Santista – exceto em Mongaguá, que começa nesta terça (18) e Itanhaém, que ainda não definiu data. O movimento na Paróquia da Pompéia, em Santos, porém, foi tímido. Até 10 horas, menos de 10 mulheres haviam comparecido para a imunização.


Este público só está autorizado a ser imunizado pela CoronaVac. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão da AstraZeneca após uma grávida vacinada ter morrido – o caso está sob investigação.


Aquelas que compareceram à Paróquia, que serve de posto de vacinação, chegaram seguras para a vacinação e saíram com o sentimento de mais proteção, felizes por terem recebido a dose.


Grávida de oito meses, Vanessa Neves da Silva Seffrin, de 38 anos, foi uma das imunizadas nesta retomada. “Estou esperando desde 7h (recebeu a dose às 9h30), mas está bom, o importante é tomar (a vacina). Dá um alívio (receber a dose), conversei com a minha médica, que fez a autorização”, disse.


Carolina Braggio Molina, de 39 anos, está gravida há 8 meses e meio e havia recebido a autorização médica para aplicar a AstraZeneca, mas, na ocasião, descobriu ao chegar no posto de vacinação sobre a suspensão do imunizante. Mesmo após o ocorrido, a morte de uma gestante que tomou a vacina da Oxford, ela se sentiu segura a receber a dose do Butantan.


“A AstraZeneca dava medo porque tinha a questão do (risco do) trombo e tenho trombofilia, mesmo assim fui tomar. Falaram para aguardar a CoronaVac, então foi melhor. Estou feliz e aliviada! Acho que tendo um aval médico (as grávidas) devem tomar a vacina para covid-19, como tantas outras. Estamos vivendo um caos”.


Em Santos são 17 postos de vacinação, sendo oito externos, das 8h às 16h, e nove policlínicas, das 8h às 13h (endereços estão neste link). O Município recebeu 670 doses de CoronaVac exclusivamente para este público.


Tudo sobre: