EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

20 de Janeiro de 2020

ACS discute base de apoio da Bacia de Santos

Prefeituras da Baixada Santista renovaram esperança de atrair uma base à região

As prefeituras da Baixada Santista devem entregar neste trimestre ao Governo do Estado o documento que demonstra interesse por base de apoio a plataformas da Bacia de Santos, segundo o coordenador da Câmara Setorial e vice-presidente da Associação Comercial de Santos (ACS), Vicente do Valle. 

Com investimentos de petroleiras na parte da Bacia de Santos mais próxima ao estado, como é o caso do campo de Carcará, as cidades renovaram a esperança de atrair uma base à região.

Hoje, esse apoio é prestado pelo Rio de Janeiro, que tem mais vantagens logísticas para atender os campos de Lula e Libra. 

Nesta terça-feira (14), a câmara da ACS discutiu o protocolo da base, que também é defendida pelo Governo do Estado. “Temos uma ótima infraestrutura para que parte dessas operações seja realizada aqui e esperamos ser atendidos pelo estado”, diz Valle.

Tudo sobre: