Saiba como economizar gás de cozinha durante isolamento

Dicas simples ajudam a prolongar a vida útil do botijão de 13 quilos e auxiliar no equilíbrio do orçamento doméstico; veja como aproveitar ao máximo o insumo

Em tempos de escalada nos preços de gêneros alimentícios e cortes nos salários provocados pela pandemia do novo coronavírus, o custo do gás de cozinha pode comprometer o orçamento  doméstico. Dicas simples podem te ajudar a economizar no insumo. 

Com o maior tempo em casa, estimulado pelas regras de isolamento social para reduzir a velocidade do contágio, a cozinha tem sido um dos locais preferidos para manter a saúde mental em dia. Afinal, quem não gosta de preparar aquele quitute preferido ou agradar ao paladar dos entes queridos. 

Porém, isso pode fazer que o gasto do insumo seja superior à média anterior a pandemia. E o preço do botijão de gás já preocupa bastante os consumidores, já que vem sofrendo reajustes acima da inflação.

Nem mesmo decreto estadual limitando o valor máximo desse produto foi suficiente para segurar o aumento. Em alguns locais, como na Baixada Santista, a escalada no preço do gás de cozinha já oscilou mais de 25%, desde o último reajuste autorizado pela Petrobras, em dezembro passado. 

Como economizar na hora de cozinhar 

- Pedaços menores: alimentos cortados em partes pequenas cozinham mais rápido, fazendo com que o gás seja menos utilizado. 

- Panela de pressão: além de reduz os gastos com gás, a pressão faz até os alimentos mais difíceis cozinharem com mais facilidade, sem que eles precisem ficar por tempo prolongado na panela. 

- Pré-aqueça o forno pelo tempo necessário: assados requerem o pré-aquecimento do forno, mas não é preciso fazer isso por um longo período. Dez minutos  a 200 ºC são suficientes para que a temperatura fique ideal.

- Panelas proporcionais à boca do fogão: o uso da panela deve ser equivalente ao tamanho da boca do fogão ou há desperdício de gás, pois parte do calor gerado acaba passando para o ar e não para a panela. 

- Vapor, o seu aliado: enquanto cozinha outros alimentos, é possível utilizar o vapor do preparo colocando uma escorredeira metálica sobre a panela para o preparo de legumes. 

- Tampa da panela: o preparo de pratos como macarrão, por exemplo, permite que o cozimento seja feito com o fogo desligado ao usar a tampa. Para isso, basta deixar a água ferver, adicionar a massa, desligar o fogo e tampar. 

- Forno fechado e cheio: abrir e fechar a porta do forno muitas vezes é a receita para o desperdício de gás. Tente observar os alimentos utilizando a luz interna e, sempre que possível, asse mais de um alimento ao mesmo tempo. 

- Evite colocar o fogão perto de lugares que corre muito vento, como: janelas, portas, ventiladores para que assim as chamas não apaguem e o gás escape. 

- Atenção aos sinais de que o gás está acabando: quando o botijão está no fim, as chamas ficam com as pontas avermelhadas, o que demonstra que a combustão não está sendo eficaz e que a pouca quantidade de GLP “queima” com dificuldade em reação com o oxigênio. 

 

Tudo sobre: