Obras na Nova Entrada de Santos ultrapassam 70%

Próxima fase da intervenção exigirá mudança no fluxo de veículos; Avenida Martins Fontes será dividida conforme o destino dos condutores

Com quase três quartos das obras já finalizadas, a remodelação da entrada de Santos avança para a etapa de intervenções que visam reduzir os efeitos das frequentes enchentes naquela região. Na reta final dos trabalhos, mudanças no sistema viário passam a valer a partir da próxima segunda-feira (2). A alteração vai ter impacto na rotina dos condutores que usam o trecho de chegada e saída do município.

Os detalhes foram informados na manhã desta quarta-feira (26) pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), durante vistoria no canteiro de obras do viaduto. Batizada de programa Nova Entrada de Santos, a intervenção visa eliminar os semáforos no cruzamento das avenidas Martins Fontes e Nossa Senhora de Fátima, bem como solucionar o nó logístico na chegada pela Via Anchieta. 

“[A alteração no trânsito] vai ser fundamental para se fazer as obras de drenagem, garantindo o escoamento de água nos bairros Saboó e Vila Haddad”, diz o chefe do Executivo. E também para continuidade de obras para novos acessos viários, como rotatória que permitirá a ligação do eixo Martins Fontes, Nossa Senhora de Fátima e Via Anchieta. 

Ele explica que os trabalhos naquele ponto vão conectar as galerias do canal da Martins Fontes com as da Anchieta. “Não são apenas as obras de artes, desvios e viadutos, mas também obras de drenagem para combater os problemas das enchentes”. 

Segundo o prefeito, o cronograma atingiu a marca de 73% das intervenções concluídas. “As obras estão no ritmo esperado. Esperamos concluir [os trabalhos] no fim do mês de junho e liberar o fluxo em julho”, afirma. 

Solução definitiva das enchentes

Barbosa destaca que o conjunto de intervenções nessa etapa vai eliminar as frequentes enchentes naquela região. Contudo, afirma que esse cenário só será possível quando finalizar as obras no local, que estão sob responsabilidade dos governos estadual e Federal.

Segundo ele, a União já sinalizou a elaboração de intervenções nas imediações da bacia do Rio Lenheiros (Saboó), no lado da linha férrea, em uma área sob concessão. O trecho é de responsabilidade da União.

O prefeito acrescenta, ainda, duas fases para a “solução em definitivo dos alagamentos”. Conforme ele adianta, o governo paulista vai arcar com um piscinão no trecho final da Anchieta e uma estação elevatória para o bombeamento da água. “Para a drenagem funcionar, cada um tem que faz sua parte”. 

O que muda? 

Para a realização dos trabalhos, as faixas de rolamento na Avenida Martins Fontes serão separadas por fluxo conforme o destino do condutor: para ir à Zona Noroeste, o motorista deverá se manter na pista da direita. Em direção a São Paulo, a recomendação é permanecer no lado esquerdo da via. 

As principais mudanças serão para os condutores em direção a São Paulo ou Cubatão. Nesses casos, os motoristas vindos da região central devem se manter à esquerda na Avenida Martins Fontes até acessar a rodovia. Esse trajeto será mantido após a conclusão dos trabalhos no local. 

Os condutores com destino ao bairro São Manoel, na Zona Noroeste, devem seguir o mesmo itinerário; depois fazer o retorno no Monumento do Peixe e seguir à direita até o novo retorno para o sentido marginal da Anchieta.

Já para quem se desloca do Centro para a Zona Noroeste ou para São Vicente, o trajeto será um pouco mais longo. Com a mudança, os motoristas devem se manter à direita na Avenida Martins Fontes, acessar a marginal da Avenida Bandeirantes (SP-148) e seguir à esquerda por debaixo dos viadutos.  

Depois, manter-se à esquerda para acessar a Rua Escritor Mário de Andrade, ingressar a Rua Monsenhor João Martins Ladeira e Afonsina Prost de Souza até chegar à Avenida Nossa Senhora de Fátima. Essa rota será temporária. Isso porque, após finalizados os trabalhos, o ingresso à Zona Noroeste será realizado pelo viaduto que está em construção no local. 

Os motoristas vindos de São Paulo em direção ao Centro de Santos não terão nenhuma mudança. Já para aqueles que se dirigem à Zona Noroeste ou São Vicente, a orientação é se manter à direita na Via Anchieta, ingressar na Rua Ana Santos e depois acessar a Avenida Nossa Senhora de Fátima.

Tudo sobre: