Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Toninha é encontrada morta em praia de Mongaguá

Animal foi levado para a sede do Instituto Biopesca, onde exames vão determinar a causa da morte

Por: Por ATribuna.com.br  -  12/01/21  -  19:19
Toninha foi encontrada por um banhista na manhã desta terça-feira (12)
Toninha foi encontrada por um banhista na manhã desta terça-feira (12)   Foto: Reprodução/Mongaguá na Tela

Um golfinho da espécie toninha (Pontoporia blainvillei) foi encontrado sem vida na faixa de areia de uma praia de Mongaguá na manhã desta terça-feira (12).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Equipes dos Instituto Biopesca, que executam o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), foram acionados por um popular por volta das 8h. A toninha foi encontrada já sem vida.


A carcaça do animal foi removida pelos profissionais e encaminhado para a Unidade de Estabilização de Animais Marinhos do Biopesca, em Praia Grande. Lá, serão realizadas necropsia e análises laboratoriais para que a causa da morte seja investigada.


Segundo o Biopesca, a toninha está fortemente ameaçada por diversas atividades humanas, como a degradação dos ambientes costeiros, a presença de lixo nos oceanos, a poluição e a interação com a atividade pesqueira.


A captura acidental em redes de emalhe vem sendo reportada há mais de 50 anos e continua sendo uma das principais causas de mortalidade da espécie. Ao ficar presa na rede, a toninha não consegue vir à superfície para respirar e, consequentemente, morre afogada.


O Instituto Biopesca é uma das instituições executoras PMP-BS, uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.


Logo A Tribuna