Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Escolas Municipais de Ilhabela retornam às aulas em dez dias

O retorno das aulas presenciais acontecerá em formato de rodízio, com aulas em 3 dias da semana por turma

Por: Por ATribuna.com.br  -  09/01/21  -  06:05
Atualizado em 09/01/21 - 06:33
Aulas serão em sistema de rodízio, em 3 dias por semana
Aulas serão em sistema de rodízio, em 3 dias por semana   Foto: Divulgação/PMI

As aulas presencias dos alunos da rede municipal de ensino em Ilhabela, reiniciam ainda no mês de janeiro. “Apesar dos esforços realizados pelos professores com o ensino remoto, não devemos esquecer que muitos alunos não tiveram acesso à internet ou a aparelhos tecnológicos, o que dificultou o processo de aprendizado, e resultou no atraso do conteúdo programático do ano anterior. Vamos trabalhar para que os estudantes de Ilhabela recuperem o ano perdido”, declarou o prefeito.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Para que o retorno dos alunos seja seguro, as Secretarias de Saúde e Educação trabalham em conjunto, desde a orientação dos protocolos de prevenção a preocupação com a saúde mental das crianças. A parceria também proporcionará a testagem em todos os professores, diretores, coordenadores, auxiliares de primeira infância, monitores de alunos, merendeiras e auxiliares de serviços gerais, que serão submetidos ao exame da Covid-19.


Sobre o retorno dos professores a secretária de Educação, Lídia Sarmento explica que “Este período do ano, costuma ser de férias para o magistério, por isso estamos convidando cada um deles e esclarecendo que esse retorno se dará com a pecúnia (compra) de dez dias das férias, e que ao trabalharem aos sábados receberão horas extras. Os que não aceitarem, não terão prejuízos”.


O Calendário Escolar de 2021, iniciará da seguinte forma e seguindo os protocolos de prevenção:


• 18 de janeiro - reunião de boas-vindas com os professores (por grupos, para evitar aglomeração);
• 19 de janeiro – os professores seguem para as escolas, organização das salas de aula;
• 20 de janeiro – reunião com os pais;
• 21 de janeiro – acolhimento dos alunos nas escolas.


Inicialmente, o retorno das aulas acontecerá para os alunos do ensino fundamental I, fundamental II e Educação de Jovens e Adultos (EJA), com 50% da capacidade de cada sala, em formato de rodízio, que deve acontecer em período regular: manhã e tarde, três vezes por semana (segunda, quarta e sexta ou terça, quinta e sábado). Neste momento, não haverá aulas em período integral.


O acolhimento neste período, será importante para a readaptação do aluno no ambiente escolar, onde serão oferecidas atividades lúdicas e educativas. O ano letivo de fato, completa a prefeitura, terá início no dia 1 de fevereiro, que é a data estipulada pelo Governo Estadual.


Lídia salienta também que os alunos estarão protegidos nas escolas, e que protocolos rígidos de prevenção ao novo coronavírus deverão ser seguidos por todos. “Estamos observando que os estudantes estão se colocando em situações de risco, se aglomerando em praças, praias, supermercados e espaços de lazer. Já na escola, serão orientados o tempo todo, estarão mais protegidos e ainda receberão o conteúdo de estudos exigido por lei. Lugar de aluno é na escola”, finalizou a secretária.


Logo A Tribuna