EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

5 de Agosto de 2020

Casas em área de expansão do Porto de Santos são demolidas em Guarujá

Proprietários estão sendo contemplados com apartamentos do Parque da Montanha neste mês

A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) de Guarujá iniciou nesta semana as demolições de moradias irregulares na área de expansão portuária no Complexo Prainha, em Vicente de Carvalho, onde também se encontra a linha férrea. A ação é prevista dentro do projeto Favela Porto Cidade, inserido no Programa de Aceleração de Crescimento (PAC I), do Governo Federal, e os proprietários das moradias demolidas estão sendo contemplados com apartamentos no Parque da Montanha.

Pelo menos 50 moradias serão demolidas só no Complexo Prainha. A ação é realizada em conjunto com a empresa MRS Logística S/A, operadora da Malha Regional Sudeste da Rede Ferroviária Federal S/A. As mudanças das famílias para as 180 primeiras unidades do Parque da Montanha se iniciaram no último dia 30 e vêm sendo feitas diariamente, em grupos de quatro, para evitar aglomerações. As mudanças seguem até o próximo dia 31.

A Prefeitura afirma que além de acidentes, a área onde estão sendo realizadas as demolições colocava famílias em exposição à vulnerabilidade social há décadas. As ações são supervisionadas por técnicos da Sehab e da MRS Logística e alguns moradores fazem o acompanhamento das demolições.

Após a finalização das demolições, a área receberá monitoramento da MRS Logística para prevenção de novas invasões e construções irregulares, visto que o local faz parte da Malha Regional Sudeste da Rede Ferroviária Federal, operada pela concessionária.

Tudo sobre: