EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

14 de Julho de 2020

Bloqueios impedem 1,7 mil veículos de entrar em Guarujá durante o megaferiado

Levantamento foi divulgado, na última terça-feira, pela prefeitura. Total de veículos impedidos pela medida, implementada em 22 de março, chegou a 20.511

Os bloqueios rodoviários em Guarujá impediram que 1.783 veículos, vindos de outros municípios, entrassem na cidade durante o megaferiado decretado na Capital paulista. O balanço foi divulgado na última terça-feira (26), pela prefeitura.

O megaferiado se deu com a antecipação do Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra para as últimas quarta (20) e quinta-feira (21), respectivamente, na cidade de São Paulo. No Estado, o feriado da Revolução Constitucionalista (9 de julho) foi antecipado para a segunda-feira (25).

Segundo a administração municipal, com esses números, o total de carros que foram impedidos pela medida, desde que foi implementada, em 22 de março, subiu para 20.511. Ao todo são sete bloqueios. Eles estão montados tanto nas entradas do Município, quanto nas saídas das travessias de balsas de Santos e Bertioga.

O acesso é livre para os veículos cujos ocupantes apresentem comprovante de residência no município ou comprovem exercício de atividades essenciais. Quem se recusar a retornar está sujeito a ter seu veículo removido ao pátio municipal, podendo ser conduzido ao Distrito Policial para lavratura de boletim de ocorrência, por violações ao Código Penal e ao Código de Trânsito Brasileiro.

Bloqueios 

As vias totalmente bloqueadas com estruturas de concreto, sem acesso à Cidade são: Rua Waldomiro Macário (acesso aos prédios da Dow Química), a Via Fassina (acesso ao Porto de Granéis e demais empresas) e a Avenida Tancredo Neves (acesso aos bairros Cachoeira, Vila Edna e Vila Zilda).

Existem, ainda, as barreiras sanitárias de fiscalização, que estão na Avenida Áurea Gonzáles Conde (acesso a Vicente de Carvalho), Rua Idalino Pinez (Rua do Adubo – acesso exclusivo de caminhões e ao Porto), Avenida Vereador Lydio Martins Correa (acesso à Enseada e Morrinhos) e Avenida Santos Dumont (na entrada principal da Cidade). Há, também, barreiras do tipo nas saídas das travessias de balsas de Santos e Bertioga.