Rajadas de vento e pancadas de chuva assustam moradores da região

Na Ponta da Praia, em Santos, rajadas de vento chegaram a 88 km/h. Não houve registro de ocorrências

Por: De A Tribuna On-line  -  21/12/18  -  10:27
  Foto: Carlos Abelha/TV Tribuna

As primeiras horas da manhã desta sexta-feira (21) foram de chuva e vento forte nas cidades da Baixada Santista e do Vale do Ribeira. As rajadas chegaram a um pico de 88 Km/h, na Ponta da Praia, em Santos. Segundo a Defesa Civil da Cidade, até o momento, não houve registro de ocorrências.


De acordo com o órgão, os ventos chegaram aos 76 km/h. O maior pico ocorreu por volta das 5h da manhã, e causou a paralisação do serviço de travessias de balsas da Dersa, entre Santos e Guarujá.


O serviço foi normalizado por volta das 5h45. No mesmo período, só que na Base Área de Santos, em Guarujá, foram registradas rajadas de vento de 15 nós, equivalentes a 30 km/h. Praia Grande, São Vicente, Mongaguá e Itanhaém também tiveram registros de pancadas de chuva e incidência de raios.


Ainda de acordo com climatologista Rodolfo Bonafim, da Estação ONG Amigos da Água, as áreas de trovoadas avançaram do Vale do Ribeira para Baixada Santista durante a madrugada, com raios nas direções sudoeste e oeste.


"É possível notar que as trovoadas têm maior densidade na costa do que no Continente", afirmou. Os sensores da ONG também registraram fortes atividades de vento na praia de Pitangueiras, em Guarujá, aonde as rajadas chegaram a 64 Km/h.


Logo A Tribuna