Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Estado de São Paulo pode adotar 'Fase Roxa' com restrição até para serviços essenciais nesta quarta

Implementação da fase roxa pode limitar o atendimento de serviços essenciais

Por: Por ATribuna.com.br  -  10/03/21  -  11:36
Atualizado em 10/03/21 - 11:50
Implementação da fase roxa pode limitar o atendimento de serviços essenciais
Implementação da fase roxa pode limitar o atendimento de serviços essenciais   Foto: Matheus Tagé/AT

Por conta do avanço da pandemia no estado de São Paulo, o governador João Doria pode anunciar uma fase mais rígida do Plano SP nesta quarta-feira (10). 


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Atualmente o estado encontra-se na fase  vermelha, a mais restritiva do plano, onde é permitido somente o funcionamento de serviços considerados essenciais. Porém, segundo informado pela rádio CBN, o estado poderá implementar a fase roxa. 


Nessa possível nova fase, todos os comércios teriam limitação de horário, incluindo os essenciais. A fase vermelha seria reavaliada no dia 19 de março, mas mediante a esse cenário, a medida mais restritiva pode ser adotada até o fim da semana. 


Mudança de fase


A implementação da fase vermelha foi anunciada em 3 de março. O alto índice de ocupação de leitos em UTIs e enfermarias foi um dos fatores determinante para que o governo paulista adotasse medidas mais restritivas.


A estimativa era de que sem a fase vermelha e novas restrições, o sistema hospitalar no Estado de São Paulo entraria em colapso em apenas  11 dias.


Logo A Tribuna