Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Cidades da Baixada Santista receberão 27,5 mil novas doses da CoronaVac

Vacinas serão aplicadas para concluir a imunização em profissionais da saúde e iniciar a vacinação nos idosos, ambos do grupo prioritário

Por: Júnior Batista  -  02/02/21  -  14:38
Nova remessa da CoronaVac terá 27,5 mil doses para a Baixada Santista
Nova remessa da CoronaVac terá 27,5 mil doses para a Baixada Santista   Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande

O governador João Doria (PSDB) anunciou que distribuirá mais de 587 mil doses da CoronaVac para todas as cidades do Estado. Delas, 27,5 mil para a Baixada Santista.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Essas doses são para concluir a vacinação em profissionais de saúde e para o começo da imunização de idosos acima dos 90 anos. Ainda não se devem procurar postos de saúde, pois as prefeituras ainda definirão como receber o público: isso depende da chegada de vacinas.


A população acima dos 90 começará a ser vacinada no dia 8, e os maiores de 85, a partir do dia 15.


À exceção da Prefeitura de Mongaguá, que afirmou esperar novas doses hoje, e da de São Vicente, nesta semana, as demais cidades disseram não ter sido informadas de data e quantidade da nova remessa.


Quantidade


Santos diz precisar de cerca de 10 mil doses para contemplar os profissionais de saúde que ainda não foram imunizados e fazer a segunda aplicação nos que tomaram a primeira.


Com relação aos idosos, o Município afirmou necessitar de cerca de 8 mil doses de vacina para os maiores 85 anos e 2,6 mil para a segunda doses dos idosos e cuidadores em clínicas de repouso.


Em Praia Grande, os maiores de 85 anos são cerca de 4 mil; em Bertioga, 800; em Guarujá, 1,3 mil; em Mongaguá, estimam-se 12 mil idosos em geral.


As administrações de Cubatão, Itanhaém e Peruíbe declararam não ter previsão de chegada de vacinas. Disso depende o planejamento da imunização de moradores.


Logo A Tribuna