Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Caminhoneiros da Baixada Santista não irão aderir a possível greve no dia 1º de fevereiro

Diante de informações sobre uma possível paralisação, liderança emitiu nota tranquilizando população e categoria

Por: Por ATribuna.com.br  -  29/01/21  -  18:30
Proposta visa permitir maior tráfego de caminhões durante a noite
Proposta visa permitir maior tráfego de caminhões durante a noite   Foto: Carlos Nogueira/AT

Lideranças das entidades dos caminhoneiros da Baixada Santista estiveram reunidas, na tarde de quinta-feira (28), e comunicaram que não vai haver greve da categoria na região. Em nota, eles se posicionaram sobre informações que circulam em redes sociais e alguns meios de comunicação.


"Diante das notícias de possível greve dos caminhoneiros marcada para o dia 1º de fevereiro, informamos que não reconhecemos oportunidade e conveniência para tal prática devido ao grave momento de pandemia".


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Os representantes alertaram, também, para o risco de desabastecimento caso a postura fosse diferente, e comentaram sobre representatividade: "Embora reconheçamos a necessidade de lutas, não reconhecemos as lideranças que vêm surgindo sem qualquer consulta ou comunicado sobre possibilidade de greve. Ninguém nos representa, a não ser a própria baixada através das nossas entidades", diz outro trecho da nota.


Em relação à preocupação e temeridade, a liderança foi categórica: "Nós informamos, para acalmar a população, e toda a categoria dos caminhoneiros, que estamos sim, lutando pelos nossos direitos, mas temos responsabilidades com toda a nação nesses momentos de grande pesar pelo qual todos estamos passando", afirmou.


Logo A Tribuna