Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Baixada Santista terá apenas dois hospitais de campanha mesmo com piora da pandemia

Santos e Praia Grande vão contar com equipamentos para atender pacientes com Covid-19

Por: Por ATribuna.com.br  -  09/03/21  -  10:24
Hospital de campanha de Santos será instalado na AME do Aparecida
Hospital de campanha de Santos será instalado na AME do Aparecida   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

Após o Governo do Estado anunciar que Santos voltará a ter um hospital de campanha para atender exclusivamente pacientes com Covid-19, a Baixada Santista agora contará com dois complexos. Das cidades da região, somente Praia Grande conta com uma unidade de campanha.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A unidade de Praia Grande, localizada no Ginásio Falcão, no Mirim, está em operação ininterrupta desde maio do ano passado, quando foi inaugurada. A estrutura disponibiliza 100 leitos, sendo que 11 deles estão ocupados, segundo informou a administração municipal. No local funciona, ainda, o Hospital Síndrome Gripal, que atende casos suspeitos de Covid-19 24 horas.


Com o avanço da pandemia, com crescente significativa no número de casos e internações hospitalares causadas por Covid-19, o Estado anunciou a instalação de 11 hospitais de campanha.


Uma das cidades anunciadas a ter uma unidade foi Santos, que terá o espaço no Ambulatório Médico de Especialidades (AME), localizado na Rua Alexandre Martins, na Aparecida.


Ao todo, os 11 hospitais de campanha vão abrir 140 leitos de enfermaria e outros 140 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com o governador João  Doria (PSDB), os 280 leitos em hospitais de campanha entrarão em funcionamento até o dia 31 deste mês e atenderão, além de Santos, outras cidades do interior e também a Capital paulista.


Hospital de Campanha Falcão já está equipado com 100 leitos
Hospital de Campanha Falcão já está equipado com 100 leitos   Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande

ATribuna.com.br procurou outras cidades da região se existe o cenário em que se faça necessário a instalação de hospitais de campanha para atendimento em pacientes com Covid-19.


São Vicente - A Secretaria de Saúde informou que, por enquanto, não há previsão de montagem de hospitais de campanha.


Cubatão - Devido à estrutura física do Hospital Municipal de Cubatão (HMC), não é necessário montar hospital de campanha no município. O HMC tem capacidade de aumentar o número de leitos Covid-19 se assim for necessário.


Mongaguá - Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Mongaguá não possui estrutura para comportar um hospital do tipo.


Itanhaém - Itanhaém só conta com o Hospital Regional, que possui 11 leitos de enfermaria e dez leitos de UTI.


Peruíbe - De acordo com a secretária municipal de Saúde, Mariana Trazzi, até o momento não há previsão de montagem de hospitais de campanha.


* A Prefeitura de Guarujá não respondeu a demanda enviada pela reportagem até a publicação da matéria.


Logo A Tribuna