Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Atenção às datas de vencimento do IPVA e do IPTU na Baixada Santista

Tributos sobre automóveis e imóveis têm prazos para descontos. ATribuna.com.br traz tabelas com reajustes e datas das nove cidades da região; confira

Por: Tatiane Calixto  -  05/01/21  -  09:56
Santos tem três novos casos suspeitos de coronavírus
Santos tem três novos casos suspeitos de coronavírus   Foto: Silvio Luiz/AT

O ano novo chegou e, com ele, as despesas de janeiro. Para não ter problemas no bolso, o ideal é se organizar e ficar atento às datas, principalmente, para o pagamento de dois impostos: o IPTU e o IPVA.
Os donos de carros com placas de final 1 registrados no Estado precisam pagar o IPVA de 2021 a partir de quinta-feira. Em terras paulistas, os proprietários têm até a data de vencimento da placa (veja tabela) para quitar o imposto em cota única, com desconto, ou acertar a primeira parcela do tributo, caso opte pelo parcelamento.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Este ano, o IPVA ficou, em média, 6,77% mais barato. Isso se deve à desvalorização dos modelos usados, e não necessariamente a uma redução do imposto. Quem deixar de recolher o tributo fica sujeito a uma multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto.


>> Confira tabela com as datas do IPVA para este ano


O carnê do IPTU também é uma preocupação. Mas é importante ficar atento aos descontos, conforme a data de pagamento. Nas cidades da Baixada Santista, eles variam de 3% a 10%. Praia Grande, por exemplo, é o município que oferece um dos maiores índices: entre 5% e 10%. Porém, o percentual máximo é apenas para os contribuintes com os tributos em dia (confira quadro).


Organize-se


Segundo Simone Sgarbi, jornalista especializada em educação financeira e que faz parte da Associação Brasileira de Planejadores Financeiros, escolher pagar o IPVA ou IPTU à vista, inicialmente, é a melhor opção, pois o consumidor consegue aproveitar os descontos oferecidos. “Mas quando se fala de organização financeira, é preciso analisar cada caso”.


A dica que Simone dá é olhar para seu orçamento mensal. O pagamento à vista vale se você tiver dinheiro suficiente para isso, sem dever no cartão ou cheque especial para quitar os tributos, pois os juros deles são maiores do que os embutidos no parcelamento dos impostos.


“Outra situação na qual você não deve pagar os impostos à vista, mesmo com desconto, é quando seu orçamento ficar no limite, pois é necessário ter uma reserva para evitar cair em dívidas no caso de alguma emergência”.


Ações rígidas


O terapeuta financeiro Ricardo Bandini reconhece que este não é um momento fácil da economia. Afinal, a pandemia impactou o orçamento de muitas famílias, seja por causa do desemprego ou das recentes diminuições salariais. Por isso, a hora é de ações rígidas no orçamento.


“O primeiro passo é conhecer para onde estão indo 100% dos gastos, algo que chamo de seguir as moedas. Com isso, será descoberto o hábito de consumo. Por incrível que pareça, 82% das famílias presumem que sabem, mas não têm ciência de como gastam”.


O segundo passo é fazer um levantamento minucioso das dívidas, descobrindo quanto deve e os juros pagos por mês. Depois, é preciso negociá-las. “Essa negociação deve caber no orçamento”, alerta.
Conforme Bandini, o quarto passo é comandar as finanças. Quando o dinheiro entrar, seja mensal, semanal ou diariamente, distribua os valores, por exemplo, em envelopes: despesas essenciais, reserva financeira, crescimento pessoal, lazer e doações.


Tudo sobre o IPTU:


>> Bertioga
Reajuste: 3,92%
Desconto à vista: 3%
Vencimento: 29 de janeiro(1ª parcela e cota única)


>>Cubatão
Reajuste: 4,77%
Desconto à vista: 5%
Vencimento: 25 de janeiro(1ª parcela e cota única)


>>Guarujá
Reajuste: 3,88%
Desconto à vista: 3%
Vencimento: varia de acordo
com o bairro. No dia 14, área
central (Pitangueiras e Vila Maia). Em 19, região sul (Astúrias, Tombo, Guaiúba e Jardim Las Palmas).
No dia 21, áreas oeste (Santo Antônio e Santa Rosa, até o Ferry Boat) e leste (Enseada, Jardim Acapulco e Perequê, até o Ferry Boat de Bertioga). Por fim, no dia 28, zonas norte e sul (Vicente de Carvalho, Morrinhos, Vila Zilda e Jardim Brasil I e II)


>>Itanhaém
Reajuste: 2,09%
Desconto à vista: 5%
Vencimento: não informado


>>Mongaguá
Reajuste: 3,92%
Desconto à vista: 5%
Vencimento: 15 de janeiro(cota única). Para pagamentoparcelado, todo dia 10


>>Peruíbe
Reajuste: 2,69%
Descontos à vista: 3% (trêsparcelas) e 5% (cota única)
Vencimento: não informado


>>Praia Grande
Reajuste: sem aumento
Descontos à vista: de 5% a 10%
Vencimento: 20 de janeiro(1ª parcela e cota única)


>>Santos
Reajuste: 2,31%
Desconto à vista: 4%
Vencimento: de 3 a 22 de janeiro(1ª parcela e cota única)


>>São Vicente
Reajuste: 3,15%
Desconto à vista: 5%
Vencimento: até sexta-feira, em cota única. Para pagamento parcelado, entre os dias 10 e 17de cada mês


Logo A Tribuna