Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Estudante leva 'mega susto' ao encontrar cobra dentro de casa no litoral de SP; VÍDEO

Caroline Ravazzani fazia faxina e, ao levantar uma sacola, se deparou com a serpente venenosa

Por: Daniel Gois  -  03/03/21  -  19:38

A estudante de pedagogia Caroline Rodrigues Ravazzani da Silva, de 29 anos, viveu um momento de pavor enquanto fazia faxina. A moradora do Caiubura, em Bertioga, se deparou com uma cobra-coral dentro de casa. Tudo foi muito rápido, trazendo um enorme susto e preocupação.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


"Levei um mega susto. Estava fazendo faxina, arrumando a casa. Coloquei algumas coisas no lado de fora. Conforme levantei uma sacola, vi alguma coisa se mexer no chão, que já é vermelho. Quando vi, gritei. Meu marido veio correndo, pediu calma. Foi bem na sacola que levantei. A gente tem criança em casa, ainda bem que meu filho não estava no momento", conta Caroline.


Caroline Ravazzani encontrou uma cobra-coral dentro de casa enquanto fazia faxina
Caroline Ravazzani encontrou uma cobra-coral dentro de casa enquanto fazia faxina   Foto: Arquivo pessoal/Caroline Ravazzani

A cobra-coral foi encontrada por Caroline no último domingo (28). Assustada, ela pediu ajuda para o marido, que com auxílio de uma pá, conseguiu jogar o animal para longe, sem que a cobra os atacasse. Segundo a moradora de Bertioga, é a primeira vez que uma cobra da espécie aparece no local onde mora.


A estudante afirma que tem sido recorrente o aparecimento de cobras na região onde mora, especialmente após dias de fortes chuvas e enchentes. Passado o susto, ela agora lida com a apreensão quanto ao surgimento de novas serpentes.


"Estou bem apreensiva, muito preocupada. Tomo cuidado onde vou mexer, não coloco a mão em qualquer coisa. Tenho um filho de 1 ano e 2 meses. Toda hora estou arrumando a casa. Meu maior medo é que entre uma cobra novamente. Aqui tem bastante cobra", afirma.


A orientação para quem encontrar serpentes dentro de casa é que acionem imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do telefone 193.


Logo A Tribuna