Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Cuca precisa falar

Treinador não se manifestou desde a derrota para o Palmeiras na final da Copa Libertadores da América

Por: Bruno Gutierrez  -  03/02/21  -  10:00

O silêncio, por vezes, diz mais do que as palavras. Desde a derrota na final da Copa Libertadores da América, o técnico Cuca não se manifestou. Expulso na decisão contra o Palmeiras, ele acabou substituído pelo irmão, Cuquinha, na entrevista coletiva após o jogo. Mas, já se passaram quatro dias, e o silêncio do treinador permanece.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Seria bom ouvir de Cuca as explicações sobre a mudança do estilo de jogo que encantou a todos na Libertadores bem na hora da final. Foi visível que o time só passou a assustar mais o rival depois que entrou Lucas Braga. Poderia ter jogado assim desde o começo, como fez contra Grêmio e Boca Juniors, mas preferiu a cautela. Entrou mais pensando em não tomar gol do que marcar o primeiro.


Além disso, ele também precisa se pronunciar sobre o lance com Marcos Rocha e a expulsão. Sobre como isso pode ter interferido ou não nos minutos finais da decisão, no gol palmeirense e no nervosismo do time depois, que mesmo tentando buscar o gol, se mostrou sem foco, abalado por toda situação.


Por fim, Cuca precisa se manifestar sobre o futuro dele. Andrés Rueda chegou a manifestar a intenção de renovar com o treinador. O acordo termina ao final do Campeonato Brasileiro. O Grêmio já aparece como um dos interessados no treinador, que brilhou com a camisa tricolor.


O Santos precisa se recuperar, buscar uma vaga na Copa Libertadores da América de 2021, voltar a ter foco e somar o máximo de pontos possíveis. E para isso, é preciso que o ambiente que ronda o elenco esteja pacificado. Por isso, é necessário que o treinador defina, também, a sua situação. Até para sabermos para onde vai o futebol do Peixe nesta e na próxima temporada.


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna. As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.
Logo A Tribuna