Trump acredita que explosão no Líbano foi um 'ataque'

Em coletiva de imprensa na terça-feira (4), presidente norte-americano comentou sobre explosões em Beirute

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que a explosão ocorrida na região portuária de Beirute, capital do Líbano, na tarde desta terça-feira (4) parece ter sido um "ataque". Na coletiva de imprensa diária sobre a pandemia de covid-19, o republicano disse ter conversado com generais dos EUA que não acreditam que a tragédia tenha sido causada acidentalmente. "Eles parecem pensar que foi um ataque. Foi algum tipo de bomba", declarou Trump.

O líder da Casa Branca prestou condolências às vítimas e disse que os EUA estão prontos para ajudar o Líbano. A explosão destruiu grande parte de um porto e danificou edifícios em toda a capital libanesa. Pelo menos 100 pessoas morreram e mais de 3 mil ficaram feridas, de acordo com as autoridades locais.

Explosão na região portuária de Beirute vitimou mais de 100 pessoas, segundo autoridades libanesas (Foto: Reprodução)

 

Tudo sobre: