EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

26 de Janeiro de 2020

'Precisamos do projeto anticrime', diz Moro no Twitter

"Eu gostaria de ver isso aprovado o quanto antes", disse o ministro em entrevista para uma rádio

O ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) destacou em sua página no Twitter detalhes da ação deflagrada nesta quarta-feira (4), pela Polícia Federal contra o tráfico internacional de entorpecentes, na Operação Voo Baixo, e não perdeu a oportunidade de defender enfaticamente a proposta de endurecimento das leis no combate às organizações criminosas, à corrupção e à violência - o projeto patina no Congresso Nacional, entre idas e vindas e acordos entre deputados e senadores.

"Precisamos do projeto anticrime", tuitou o ministro a seus mais de 1,72 milhão de seguidores. Nesta terça-feira (3), diante de um cenário em que sua grande aposta contra a criminalidade enfrenta embaraços nos corredores e gabinetes da Câmara e do Senado - uma definição deve ficar para 2020 -, Moro declarou à Rádio Jornal do Commercio, de Caruaru (PE). "Eu gostaria de ver isso aprovado o quanto antes. Se for possível aprovar por um projeto de lei nesse ano, no Senado ou na Câmara, um tanto melhor. Por que a gente tem de esperar o ano que vem?"

No Twitter, o ministro falou da Operação Voo Baixo, que resultou no confisco de aviões e bens do tráfico, além da prisão de 24 suspeitos. "Operação da Polícia Federal contra o tráfico de drogas. 2,6 toneladas de cocaína aprendidas, 24 presos, 15 aeronaves apreendidas, 3 fazendas sequestradas.Por que os crimes caem em todo o país? Porque estamos trabalhando." E emendou: "mas precisamos do projeto anticrime."

Tudo sobre: