EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

22 de Setembro de 2019

Filho de Bolsonaro diz que transformação rápida não acontecerá por vias democráticas

Carlos, que é vereador no Rio de Janeiro, escreveu posicionamento no Twitter. Posteriormente, ele disse que não é seduzido pelo poder

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) disse, nesta segunda-feira (9), que a transformação que o Brasil quer não acontecerá de forma rápida, se acontecer, por vias democráticas.

A frase foi publicada pelo parlamentar carioca em seu perfil no Twitter. "Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos... e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!", escreveu Carlos.

 

 

Usuários no Twitter rebateram o vereador e o acusaram de promover um ataque contra a democracia, como um apoio a um modo autoritário de governo. Na sequência, o parlamentar disse que, como seu pai, também está muito tranquilo. "Poder jamais me seduziu", disse o filho do presidente da República. 

Depois, Carlos Bolsonaro ironizou os ataques sofridos nas redes sociais. "Agora virei ditador? P... que p..!" 

Antes de dizer que não haverá transformações rápidas por vias democráticas, o filho do presidente afirmou, em posts anteriores, que o atual governo tenta colocar o Brasil "nos eixos", mas que os "avanços são ignorados, e os malfeitores esquecidos".

*com informações do jornal Folha de S. Paulo