Donald Trump oferece proteção a imigrantes

Em troca, ele quer financiamento para construir muro na fronteira com o México

Por: Da AFP  -  21/01/19  -  17:10
Pouco antes do anúncio de Trump, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, havia rejeitado a proposta
Pouco antes do anúncio de Trump, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, havia rejeitado a proposta   Foto: Jim Watson/AFP

O presidente Donald Trump ofereceu,no domingo (20), proteção temporária a pessoas que entraram ilegalmente nos Estados Unidos quando crianças e a outros grupos de imigrantes ameaçados de deportação, em troca de financiamento para construir um muro na fronteira com o México.


Trump busca, com essa proposta anunciada em um discurso pela televisão, pôr fim à paralisação parcial do governo federal de quase um mês decorrente da falta de um acordo orçamentário. Na origem, está a queda de braço pelo muro.


Pouco antes do anúncio de Trump, a presidente da Câmara de Representantes, a democrata Nancy Pelosi, já havia rejeitado a proposta, que teve seu conteúdo divulgado antes pela imprensa. Em nota, Pelosi afirmou que a proposta de Trump é “uma compilação de várias iniciativas rejeitadas anteriormente, cada uma das quais é inaceitável e no total não representam um esforço de boa-fé para restaurar a segurança na vida das pessoas”.


Trump pede 5,7 bilhões de dólares para financiar o muro, 800 milhões para “assistência humanitária urgente” e 805 milhões para segurança portuária e tecnologia de detecção de drogas. No domingo (20), o presidente se comprometeu a prolongar por três anos um visto de residência temporária que foi criado por Barack Obama e que foi anulado quando o republicano chegou à Casa Branca.


Essa medida beneficiaria os cerca de 700 mil “dreamers” (sonhadores), como são chamados os jovens que chegaram aos EUA, ainda crianças, de forma ilegal. Trump propôs também prorrogar por três anos um estatuto de proteção temporária (TPS), que permite a 300 mil imigrantes trabalharem em visto de residência.


Logo A Tribuna