EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

17 de Junho de 2019

Polícia desmantela laboratório de drogas em Santos e dois são presos

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) descobriram local que também era usado como depósito no Morro da Nova Cintra

Uma casa de um único cômodo no Morro da Nova Cintra, em Santos, era usada como depósito e laboratório de drogas. Com a descoberta do local, no fim da tarde de terça-feira (11), policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) apreenderam 5,6 kg de haxixe e 3,9 kg de maconha. Dois homens foram presos em flagrante.

Segundo o delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior e o investigador Paulo Carvalhal, surgiu a informação de que um homem, membro de facção criminosa, utilizava um veículo Polo cinza para comercializar drogas. A denúncia ainda revelava que o suspeito possuía ponto de tráfico no Nova Cintra.

O rapaz passou a ser seguido, sendo visto estacionando o Polo no morro e se dirigindo a uma casa, cujo acesso só é possível por escadaria. Porém, no momento da abordagem, esse suspeito estava na Vila Mathias.

Ele portava uma pequena porção de maconha, caderneta com anotações sobre a venda de drogas e um molho de chaves. Uma delas era a da casa do Nova Cintra, onde um outro suspeito, de 32 anos, foi surpreendido embalando porções de maconha e haxixe.

Além dos entorpecentes, foram apreendidos na moradia quatro rádios de comunicação, quatro balanças e apetrechos para o preparo e embalagem de drogas, como liquidificador, nove bacias, galão e rolo de plástico. Conduzidos à DIG, os suspeitos foram autuados por tráfico e associação para o tráfico pelo delegado Leonardo Amorim Nunes Rivau.