Turista é presa após xingar PM de 'preto safado de merda' em quiosque de Praia Grande; VÍDEO

Caso aconteceu na noite desta quinta-feira (21), no bairro Guilhermina

Por: ATribuna.com.br  -  22/04/22  -  10:32
Atualizado em 22/04/22 - 12:17
O caso aconteceu por volta das 20h30 no Quiosque Beach Lounge
O caso aconteceu por volta das 20h30 no Quiosque Beach Lounge   Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Um policial militar foi vítima de injúria racial na noite desta quinta-feira (21), em Praia Grande. Ele foi chamado de “preto safado” por uma turista de São Paulo, que, segundo apuração de A Tribuna com a Polícia Militar, está presa.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O caso aconteceu por volta das 20h30 no quiosque Beach Lounge, na Avenida Presidente Castelo Branco, no bairro Guilhermina. Imagens gravadas por frequentadores do estabelecimento mostram o momento das agressões verbais, como o momento em que ela chama o agente de "preto safado". (veja mais abaixo)


De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada via Copom para atender uma confusão envolvendo uma mulher que estava alterada no estabelecimento. Ao chegarem no local, os agentes foram recebidos com desrespeito por parte da mesma mulher, que se comportava de maneira agressiva e dizia que os policiais tinham que "tomar tiro na cara".


Em certo momento, ela passou a cometer injúria racial com um dos policiais que atendia a ocorrência, chamando-o de "preto de merda".


Diante dos fatos, a mulher foi presa em flagrante e conduzida até o distrito policial, onde o caso foi registrado como injúria racial.



O quiosque

Procurado por A Tribuna, o quiosque Beach Lounge afirmou que a mulher em questão quis entrar no restaurante pulando as grades. "Como nossos seguranças não permitiram, ela os agrediu", diz a nota do estabelecimento. Por isso, a PM foi acionada para conter a situação e, a partir daí, a turista começou a confusão com a equipe policial.


"O Beach Lounge repudia qualquer tipo de violência e injúria. O caso para nós está encerrado. Estamos focando em proporcionar um bom feriado a nossos clientes".


Logo A Tribuna