Ladrão com arma fake é rendido e amarrado pelas vítimas em Itanhaém

Indivíduo abordou as vítimas em uma lanchonete, mas acabou sendo imobilizado e preso

Duas vítimas perceberam que a arma do marginal que as assaltava era uma réplica e conseguiram dominá-lo e amarrá-lo. O assalto frustrado aconteceu em Itanhaém e resultou na prisão em flagrante de um suspeito, de 23 anos.

Um caminhoneiro e o seu ajudante entraram em uma lanchonete no Belas Artes para tomar café. Quando retornavam para o caminhão, foram surpreendidos por Eduardo. O acusado sacou uma arma, a colocou nas costas de uma das vítimas e exigiu que elas entregassem os seus celulares, relógios e demais pertences.

A abordagem aconteceu na Rua José Ernesto Bechelli, na segunda-feira (10). No momento em que os trabalhadores entregavam os objetos, um deles percebeu que a arma não era de verdade e reagiu. As vítimas usaram um cadarço de tênis para imobilizar o acusado e acionaram a Polícia Militar em seguida.

Com leves escoriações, o acusado foi medicado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém antes de ser encaminhado à Delegacia Seccional. O delegado Bruno Mateo Lázaro o autuou em flagrante por tentativa de roubo.

Segundo os policiais, o indivíduo alegou que saiu recentemente da cadeia e está desesperado para arrumar R$ 18 mil. Esse valor seria referente a uma dívida com o Primeiro Comando da Capital (PCC). O jovem disse que a facção prometeu submetê-lo ao "tribunal do crime" e matá-lo, caso não quite o débito.

Tudo sobre: