EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

20 de Novembro de 2019

Homem agride mulher e filha a marretadas em São Vicente

Após cometer o crime, suspeito desapareceu e é procurado pelas autoridades

Um encanador de 47 anos é procurado pela polícia após agredir a marretadas a mulher, Luziane de Jesus Silva, de 38 anos, e a filha do casal, Mirella Silva Andrade, de 9. A agressão ocorreu na manhã deste domingo (2), na Rua Belo Horizonte, no bairro Vila Ponte Nova, Área Continental de São Vicente.

O boletim de ocorrência foi registrado como tentativa de feminicídio e violência doméstica na Delegacia Sede da cidade, mas o caso será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Segundo o documento, policiais militares chegaram ao local após denúncia de vizinhos, que ouviram os gritos de Luziane. No endereço, já estavam duas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que prestavam socorro a mãe e filha agredidas pelo investigado.

O suspeito não foi encontrado no local e é procurado pelas autoridades. A motivação do crime ainda é investigada, e a marreta usada nas vítimas foi apreendida.

Segundo a prefeitura, as vítimas foram encaminhadas ao Hospital Municipal de São Vicente por volta das 7h35 em estado grave, com ferimentos na cabeça provocados pelos golpes de marreta.

Luziane passou por cirurgia na tarde deste domingo (2) e, segundo a secretaria de Saúde, estado dela é grave.

A menina passou por procedimentos de emergência e, em seguida, foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande. Não há informações sobre estado de saúde ou procedimentos adotados na unidade.

Tudo sobre: