EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

9 de Agosto de 2020

Estudante é baleado nas costas em Praia Grande

Um amigo da vítima informou que os suspeitos tentavam prendê-la com um lacre plástico quando a arma de um dos bandidos disparou

Dois homens armados de pistola e revólver balearam nas costas um estudante de 23 anos, na quinta-feira (30) à noite, em Praia Grande. O disparo teria ocorrido de modo acidental, no momento em que a dupla tentava imobilizar o jovem com os braços para trás. Após o tiro, os criminosos fugiram. A vítima passa bem.

Outro rapaz, de 28 anos, presenciou a tentativa de homicídio. Amigo da vítima, ele informou que os marginais tentavam prendê-la com um lacre plástico quando a arma de um dos bandidos disparou. Conhecido por engasga-gato, este acessório costuma ser utilizado em sequestros.

Descritos como um branco e o outro negro, os marginais renderam a testemunha e a vítima na Rua Daigiro Matsuda, no Mirim. Elas haviam desembarcado de um veículo e caminhavam até a casa de outro amigo, localizada nas imediações. Nada chegou a ser roubado. Aliás, os desconhecidos sequer teriam anunciado assalto.

O estudante foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Samambaia e removido ao Hospital Irmã Dulce. Apesar de a bala ficar alojada nas costas, próximo ao pulmão direito, o jovem recebeu alta e já estava em sua casa na tarde desta sexta-feira (31). A delegada Lyvia Cristina Bonella registrou o caso.

Tudo sobre: