Dupla é presa com mais de 300 quilos de cocaína em Santos

Os dois homens ainda tentaram subornar os policiais da operação com R$ 200 mil

Por: Da Redação  -  03/03/19  -  13:10
Atualizado em 03/03/19 - 13:11
A droga foi apreendida em abordagem a veículo em Santos, durante a madrugada deste sábado
A droga foi apreendida em abordagem a veículo em Santos, durante a madrugada deste sábado   Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Dois homens foram presos na madrugada deste sábado (2), em Santos, com 314 kg de cocaína, além de R$ 200 mil em dinheiro e um veículo. Ricardo Rios de Oliveira, de 58 anos, e Anderson Rodrigues Silva, de 34, foram presos em flagrante por policiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar).


Segundo o registro da ocorrência, os agentes estavam em policiamento na subida do morro do Marapé, quando desconfiaram de um veículo prata que vinha na direção contrária e decidiram abordá-lo.
Oliveira, que dirigia o carro, já confessou na revista que levava drogas. Ele estava com R$ 876,00 em dinheiro na carteira.


O criminoso disse aos policiais que recebeu uma ligação para fazer o transporte da droga de Santos para o bairro Santa Rosa, em Guarujá. Os entorpecentes estavam no banco traseiro e também no porta-malas.


Ricardo Oliveira retirou o veículo no Morro Nova Cintra e fazia o caminho, quando foi abordado. O bandido não revelou quem ligou e para quem seriam as drogas.


Suborno


Durante a abordagem, Oliveira recebeu uma ligação, de um dos comparsas, perguntando se estaria tudo bem. O bandido disse que “a casa havia caído”. Então, o bandido pediu para falar com os policiais, sendo atendido pelo sargento.


Do outro lado da linha, o bandido ofereceu R$ 200 mil para que liberassem Oliveira. O policial disse que aceitava a condição. Oliveira contou aos oficiais que havia outros bandidos num carro à frente, que seriam os “batedores” (uma escolta), que verificam se há policiamento no caminho.


Os bandidos combinaram que enviariam um dos comparsas, depois identificado como Anderson Rodrigues Silva, para levar o dinheiro. Ao chegar ao local, os policiais deram voz de prisão tanto a Silva quanto a Oliveira.


Ambos foram levados ao Palácio da Polícia, no Centro de Santos, e seguem à disposição da Justiça. O carro ficou estacionado em frente à Central de Polícia Judiciária.


Logo A Tribuna