Carregamento com 363 Kg de cocaína é localizado no Porto de Santos

Droga iria para o porto da Antuérpia, na Europa; Em cinco dias, quantidade total de droga apreendida chega a 1,05 tonelada

Por: De A Tribuna On-line  -  07/12/18  -  13:37
  Foto: Divulgação/Receita Federal

Mais de 300 kg de cocaína foram localizados, no fim da tarde de quinta-feira (6), por equipes da Receita Federal no Porto de Santos. A droga estava em um contêiner, em meio a uma carga que tinha destino ao porto de Antuérpia, na Europa. Com esta apreensão, mais de 1 tonelada foi localizada só na última semana.


A localização da droga foi feita graças à ação do cão farejador da Receita Federal, que a localizou em uma caixa metálica pronta para ser embarcada, com tambores metálicos com óleo de laranja.


Pesou o fato de que os tambores onde os tabletes da droga estavam eram diferenciados: dois tinham padrão e cor diferentes dos demais, e um terceiro, que tinha o mesmo padrão da carga lícita, estava com a tampa aberta.


O entorpecente foi coberto com sacos de açúcar reciclados, além de um pouco de água misturada com resíduos do produto exportado. A artimanha não impediu que a droga fosse localizada. No total, 363 quilos de cocaína foram apreendidos.


Tabletes de cocaína foram localizados dentro de tambores metálicos
Tabletes de cocaína foram localizados dentro de tambores metálicos   Foto: Divulgação/Receita Federal

Mais de uma tonelada em cinco dias


Esta é a terceira grande apreensão feita pelo órgão no Porto em cinco dias. No domingo (2),402 quilos de cocaína foram localizadosem um contêiner, dentro de um navio com destino a Antuérpia. No dia seguinte, outros285 quilos da droga foram apreendidostambém em um contêiner, dentro de uma embarcação, rumo a Roterdã, na Holanda.


Somente nessas três apreensões, a quantidade total de cocaína apreendida foi de 1,05 tonelada.O material foi apreendido e encaminhado para a delegacia de Polícia Federal. Em 2018, o número de apreensões já superou o número total de entorpecentes localizados no Porto em 2017 (11.539 kg) e 2016 (10.622 kg), segundo a Receita Federal e Polícia Federal.


Logo A Tribuna